Hoje nas notícias: CGD, BCP e subsídio de desemprego

  • ECO
  • 29 Agosto 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Bruxelas e Governo deram luz verde aos prémios que a administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende distribuir aos trabalhadores já em setembro. Ainda no setor da banca, o BCP tem um plano para reforçar a aposta no financiamento de particulares. Conheça estes e outros temas que fazem manchete na imprensa portuguesa esta quarta-feira.

Prémios na CGD aprovados pelo Governo e Bruxelas

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai distribuir prémios de desempenho aos trabalhadores, uma decisão que mereceu luz verde por parte das autoridades nacionais e europeias ao abrigo do plano de recapitalização do banco público. Na base da aprovação está o princípio de que a instituição financeira do Estado tem de operar no mercado em igualdade de circunstâncias com os concorrentes, isto é, deve funcionar como um banco privado. Os prémios em causa vão ser distribuídos já em setembro e variam entre 500 e 3.000 euros, conforme a avaliação dos trabalhadores. Em causa, critérios como o cumprimento de objetivos comerciais e assiduidade, por exemplo.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

 

BCP reforça aposta no crédito ao consumo

O plano estratégico do BCP até 2021, que abrange não só as operações em Portugal como também na Polónia e o ActivoBank, contempla uma aposta reforçada no crédito ao consumo. O financiamento a particulares será o trunfo que a administração de Miguel Maya pretende jogar para fazer aumentar o negócio, e surge ainda como resposta ao aumento do consumo privado na economia portuguesa. Em maio, o crédito ao consumo atingiu níveis recorde e, em junho, fixou-se em 631 milhões de euros, de acordo com o Banco de Portugal, que já implementou medidas que significam um travão aos empréstimos.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Subsídio de desemprego vai aumentar em 2019

O valor do subsídio de desemprego vai ser atualizado já em 2019. Com base no crescimento da economia portuguesa, o subsídio mínimo deverá aumentar sete euros, enquanto o valor máximo do subsídio deverá aumentar 17,5 euros.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago).

INEM usa SIRESP para reduzir tempos de espera

O INEM fez melhorias ao sistema informático dos CODU (Centros de Orientação de Doentes Urgentes) no passado mês de julho. Agora, o sistema possui uma nova cartografia digital, o que permite melhorar a localização de ocorrências, um dos fatores preponderantes na redução dos tempos de resposta. Para melhorar este aspeto, o INEM passou a recorrer a novas fontes de informação, como o InfoPortugal, o Google Maps e as coordenadas remetidas pelo rádio SIRESP, o sistema integrado de redes de emergência e segurança em Portugal. Nas últimas semanas, têm surgido queixas de que o INEM está a demorar demasiado tempo a enviar assistência a ocorrências urgentes.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

Governo já entregou quase dois milhões de vales para manuais escolares gratuitos

O Ministério da Educação já terá distribuído aos alunos quase dois milhões de vales que podem ser trocados gratuitamente por manuais escolares. Na semana passada, o número rondava o milhão. O ministério tutelado por Tiago Brandão Rodrigues deverá avançar números mais concretos nos “próximos dias”.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: CGD, BCP e subsídio de desemprego

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião