É uma espécie de “Airbnb dos milionários”. Alugam-se moradias de luxo a 250 mil euros por semana

Para onde vão os milionários de férias? As ilhas gregas são, atualmente, as mais procuradas por este tipo de turistas que já não fica em hotéis, mas sim em moradias de luxo privadas.

O Airbnb veio revolucionar a forma como as pessoas viajam e escolhem o alojamento onde querem desfrutar da sua estadia. As possibilidades são várias, desde as mais económicas até às que exigem um maior esforço. No entanto, há um tipo de cliente que não costuma procurar opções neste tipo de plataformas. Chamemos-lhe antes o “Airbnb dos milionários”, visitado por aqueles que estão dispostos a pagar o que for preciso, caso “acreditem que se trata de algo muito, muito extraordinário”.

Têm um poder de compra muito elevado, “alguns são mesmo bilionários e são vários os que têm os seus próprios aviões privados”, conta Anthony Lassman, fundador da Nota Bene Global, ao ECO.

Lassman fundou, em 2005, a Nota Bene Global, uma agência de viagens de luxo, com sede em Londres, que oferece serviços de turismo correspondentes ao tipo de público com que trabalha, com um poder de compra especialmente elevado. A maioria dos clientes da Nota Bene Global vêm dos Estados Unidos da América (EUA), mas também vêm “alguns da Europa, da Alemanha em específico, e uma minoria que vem de outras partes do mundo, como por exemplo da Austrália, África do Sul, Jordânia e Japão”, explica.

Com o mundo de oportunidades que as plataformas de alojamento online vieram proporcionar, cada vez mais personalizadas e fora do comum, a agência de Lassman aproveitou também para inovar o seu leque de ofertas. Assim, mais do que nunca, a empresa está a sugerir aos seus clientes que aluguem autênticas moradias de luxo para passar umas férias de sonho.

Tremezzo, ItáliaNota Benne Global

Trata-se de moradias privadas, mas que só os milionários conseguem alugar, uma vez que os preços são extremamente elevados. Umas férias de luxo naquela que Lassman considera a melhor moradia da Costa Esmeralda da Sardenha, por exemplo, rondam os 250 mil euros por semana. O valor é semelhante a arrendar uma casa de luxo em Courchevel, França.

As ilhas gregas são, atualmente, as mais populares. Em especial Míconos, onde é possível passar uma semana de férias de luxo por cerca de 174 mil dólares. Em França, Saint-Tropez também é um dos destinos mais procurados e, em Itália, a ilha de Capri, a Costa Amalfitana e a aldeia de Portofino. Fora da Europa, nos Estados Unidos da América, os Hamptons, um conjunto de moradias de luxo em Nova Iorque, também são bastante procuradas pelos turistas milionários.

Porto Cheli, GréciaNota Bene Global

Algumas das moradias disponíveis e localizadas nestes sítios já são “mais de alcance médio, podendo custar entre 70 mil euros e 120 mil euros por semana”, refere Lassman.

Percorra a galeria de fotografias para ficar a conhecer algumas moradias de luxo. Situadas nas ilhas gregas, na Tuscania (Itália), em Tremezzo (Itália) e em São Bartolomeu (França), o preço varia entre os 50 mil euros e os 175 mil euros por semana. Estas só os milionários podem alugar.

Lassman quer encontrar moradias como estas em Portugal

Não consta do catálogo da Nota Bene Global nenhuma moradia de luxo situada em Portugal, no entanto Anthony Lassman admite que gostava que o país fizesse parte do conjunto de possibilidades que apresenta aos seus clientes. “Adoraria encontrar algumas casas extraordinárias em Portugal”, diz.

"Adoraria encontrar algumas casas extraordinárias em Portugal”

Anthony Lassman

A dificuldade passa somente por encontrar uma moradia de luxo que encha as medidas da agência britânica, o que não é fácil, uma vez que a “a qualidade tem que estar lá e a qualidade não é assim tão fácil de encontrar”, seja em que país for. É talvez por este motivo, ainda que Lassman considere que a procura por moradias de luxo para passar férias esteja a aumentar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

É uma espécie de “Airbnb dos milionários”. Alugam-se moradias de luxo a 250 mil euros por semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião