20 anos depois, Google é muito mais que um motor de busca

A gigante tecnológica, que também é um verbo, faz anos. Entre as novas ramificações da Google encontram-se sistemas operativos, ferramentas digitais e dispositivos de conectividade.

Se olhar para o doodle da Google nesta terça-feira verá uma animação a celebrar o 130º aniversário do pintor alemão Oskar Schlemmer. O que não está assinalado é que é também o dia em que a Google completa 20 anos. Começou como motor de busca, a 4 de setembro de 1998, pelas mãos de Larry Page e Sergey Brin, na altura estudantes universitários. Mas já se expandiu para inúmeras áreas, quer ferramentas digitais como objetos e produtos físicos, e tornou-se muito mais.

O motor de busca ganhou tanta popularidade que até originou um verbo, “googlar”, foi a base de tudo. Abriu as portas para o crescimento da empresa que passou a ser detida pela Alphabet, que agrega também vários outros negócios que foram nascendo ao longo das duas décadas de existência.

Dentro do chapéu da Google, multiplicam-se as ramificações. Percorra a fotogaleria para ficar a conhecer 20 das principais ferramentas e produtos da gigante norte-americana.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

20 anos depois, Google é muito mais que um motor de busca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião