Casa Branca tem medo de Trump. Livro revela que funcionários escondem documentos sensíveis do Presidente dos EUA

Segundo excertos do livro de um dos jornalistas que expôs o caso Watergate, os funcionários da Casa Branca escondem informações sensíveis de Trump.

Vem aí mais um livro sobre Donald Trump que está a enfurecer o presidente dos Estados Unidos. Nele, é descrita a imagem um chefe de Estado inculto, colérico e paranoico, de quem assessores presidenciais na Casa Branca escondem documentos com informação sensível.

O autor do livro é jornalista de investigação norte-americano Bob Woodward, que se baseou em entrevistas e testemunhos de vários membros da equipa da Casa Branca, que falaram sob a condição de anonimato.

Intitulado “Fear: Trump in the White House (Medo: Trump na Casa Branca)”, só estará nas bancas a partir de 11 de setembro, mas alguns excertos já foram publicados no jornal norte-americano The Washington Post (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

Entre as revelações mais marcantes que vieram a público, a que salta à vista é o facto de assessores tentarem controlar as ações do presidente, por exemplo ao retirar documentos da sua secretária. Os funcionários estarão a tentar evitar decisões precipitadas do chefe de Estado, como tentativas para retirar os Estados Unidos do Tratado de Comércio Livre da América do Norte (NAFTA).

Também são citadas algumas personalidades conhecidas, como o chefe de gabinete de Trump, John Kelly, que o terá chamado em privado de “idiota”. O secretário da Defesa, Jim Mattis, terá comentado, depois de uma reunião sobre a presença militar na Península Coreana, que o Presidente se comportava como quem tem a idade mental de “um miúdo do quinto ou do sexto ano (10 ou 11 anos)”.

Trump respondeu aos excertos em forma de tweet, onde escreve que é “uma vergonha que alguém possa escrever um artigo ou um livro, com histórias totalmente inventadas para fornecer a imagem de uma pessoa que é literalmente o oposto da realidade, e que a divulgue sem qualquer consequência”.

Bob Woodward foi um dos jornalistas responsáveis por revelar, no início dos anos 70, o escândalo Watergate que levou à demissão do presidente Richard Nixon.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Casa Branca tem medo de Trump. Livro revela que funcionários escondem documentos sensíveis do Presidente dos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião