“Ainda não consegui perceber a agenda económica” de Rui Rio, diz o presidente da CIP. Veja a entrevista esta noite no ECO24

  • ECO
  • 13 Setembro 2018

O convidado do ECO24 (TVI24, a partir das 23h20) é António Saraiva. O presidente da CIP revela as propostas para o Orçamento de 2019 e, sobre Rui Rio, confessa: "Ainda não consegui perceber…"

“Não. Muito honestamente, ainda não consegui perceber” a agenda económica de Rui Rio, responde o presidente da CIP na entrevista ao ECO24, conduzida pelos jornalistas Pedro Pinto e António Costa, que passa esta noite, a partir das 23h20, na TVI24. “Gostaria que o PSD, independentemente das suas lideranças, se assumisse como um partido assertivo, porque também aí, em sede parlamentar, a democracia também exige uma oposição forte e assertiva… E ela tem sido, lamentavelmente, inexistente”, afirmou o patrão dos patrões.

Na semana em que a CIP apresentou um conjunto de propostas para o Orçamento do Estado de 2019, António Saraiva explica, no ECO24, o detalhe dessas medidas e o seu alcance. Mas não só. O presidente da CIP antecipa o que vai ser a posição de princípio da confederação nas negociações para o aumento do salário mínimo nacional em 2019. E, ao contrário da porta aberta há alguns meses, agora, na sequência do abrandamento da economia, Saraiva considera que não haverá condições para um aumento salarial acima do que já era conhecido: 600 euros. A ver, esta noite, na TVI24, a partir das 23h20.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

“Ainda não consegui perceber a agenda económica” de Rui Rio, diz o presidente da CIP. Veja a entrevista esta noite no ECO24

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião