Algarve vai passar a cobrar taxa turística. PS e Bloco negoceiam aumento em Lisboa

A partir do próximo ano, nos meses de março a outubro, os hóspedes de estabelecimentos hoteleiros no Algarve terão de pagar 1,5 euros por dia. Em Lisboa, a taxa poderá duplicar para 2 euros.

O Algarve vai passar a cobrar uma taxa turística aos hóspedes. Durante os meses de março a outubro, os turistas vão passar a pagar 1,5 euros por dia, até um máximo de sete dias consecutivos, segundo avançou, esta sexta-feira, a TSF. Em Lisboa, PS e Bloco de Esquerda têm estado a negociar, durante este verão, para duplicar o valor da taxa turística para os 2 euros.

Segundo a TSF, a taxa turística do Algarve, que deverá entrar em vigor já em março do próximo ano, deverá render aos municípios algarvios 20 milhões de euros por ano, calcula a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve. Estas receitas serão utilizadas em projetos supramunicipais na área da promoção turística, na reabilitação do património e na intervenção da cultura.

O documento que vem definir as regras da nova taxa, discutido em reunião da AMAL, foi aprovado por maioria, com apenas um voto contra da Câmara de Silves. A taxa passará a ser aplicada em estadias que se realizem em estabelecimentos hoteleiros entre março e outubro, ficando isentas as crianças até aos 12 anos. A cobrança será feita pelo estabelecimento turístico, sendo o valor depois transferido para cada município.

“A introdução da taxa turística visa, de alguma forma, fazer com que o turista pague uma parte dos custos que os municípios suportam com e durante a sua estadia“, disse Jorge Botelho, presidente da AMAL, citado pelo Sul Informação.

Bloco força aumento da taxa em Lisboa

No acordo assinado entre o Bloco de Esquerda e o PS para a Câmara Municipal de Lisboa, já está prevista a revisão da taxa turística cobrada na capital, atualmente de 1 euro por noite, até ao início de 2019. O executivo de Fernando Medina tem vindo, contudo, a adiar aumentar esta taxa. Agora, o Bloco aumenta a pressão para que o valor seja revisto para os 2 euros por noite.

O vereador do Bloco de Esquerda Manuel Grilo afirma que a taxa deve ser aumentada para “garantir investimento em higiene urbana e transportes públicos na cidade”. Na sua conta de Twitter, o vereador reforça ainda que as receitas da taxa turística devem “reverter na sua totalidade para as zonas de maior pressão turística na cidade”.

Desde o começo do novo mandato de Fernando Medina que as negociações sobre esta matéria foram sendo adiadas, mas, antes do início deste verão, foram retomadas entre socialistas e bloquistas.

Comentários ({{ total }})

Algarve vai passar a cobrar taxa turística. PS e Bloco negoceiam aumento em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião