Talkdesk “reserva” restaurantes do grupo Avillez

A empresa fundada pelos portugueses Tiago Paiva e Cristina Fonseca tem um novo cliente em Portugal que reflete a aposta no mercado europeu.

A Talkdesk, empresa que desenvolve software baseado em cloud para centros de contacto, tem um novo cliente em Portugal. A empresa fundada pelos engenheiros portugueses Tiago Pais e Cristina Fonseca — que, entretanto saiu da operação da empresa — trabalha agora o grupo de restauração de José Avillez.

O novo cliente reflete a aposta que no mercado europeu feita pela empresa no último ano. A Talkdesk tem já uma carteira de clientes na Europa de mais de 150 empresas em 20 países diferentes, números que refletem o dobro do número de clientes europeus face ao ano anterior.

“No grupo José Avillez privilegiamos o atendimento ao cliente. A utilização desta tecnologia permite-nos gerir de uma forma mais eficiente os contactos telefónicos”, diz o chef José Avillez, citado em comunicado.

De acordo com Marco Costa, diretor-geral da empresa, o objetivo da Talkdesk é continuar a apoiar as empresas portuguesas e internacionais enquanto líder de mercado, “na melhoria dos pontos de contacto com os seus clientes, de forma a serem mais eficientes, estabelecerem uma relação mais próxima e garantirem a sua fidelização. Trabalhamos diariamente também com a ambição de transformar os call centers em centros de contacto de última geração”, explica o responsável.

Com mais de 1.400 clientes em todo o mundo, as soluções da Talkdesk possibilitaram aos clientes empresariais registar benefícios superiores a sete milhões de dólares nos últimos três anos, representando um Retorno sobre o Invegstimento (ROI) de 346% e um aumento de 19 pontos no indicador de lealdade do consumidor (Net Promoter Score), segundo dados da Forrester Consulting.

Comentários ({{ total }})

Talkdesk “reserva” restaurantes do grupo Avillez

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião