FINDE.U: Mais de 4 mil oportunidades de carreira na Exponor

  • ECO
  • 15 Outubro 2018

A feira de emprego universitário, que se realiza no Porto, dá aos universitários a oportunidade de contactarem com várias empresas, e candidatarem-se a mais de 4 mil vagas de diversos programas.

Vão estar disponíveis para agarrar mais de quatro mil oportunidades de carreira na Exponor. Cerca de 150 empresas vão marcar presença numa feira de emprego para recrutar universitários, estudantes ou recém-graduados.

A FINDE.U – Feira Internacional de Emprego Universitário, abre as portas do Centro de Congressos da Exponor, no Porto, às 10h00 de terça-feira, 16 de outubro. Os jovens podem candidatar-se, ao longo de dois dias de evento, até 17 de outubro, a vagas para diferentes oportunidades, como empregos, bolsas de investigação ou programas de estágios nacionais e internacionais.

As áreas em destaque nesta feira são engenharia, tecnologias de informação e comunicação, gestão, economia, marketing e a indústria. Os interessados podem registar o currículo numa plataforma online antes do evento, refere a empresa em comunicado.

A FINDE.U vai deslocar-se até à cidade de Vigo mais tarde neste mês, nos dias 23 e 24 de outubro. Na cidade espanhola vão estar disponíveis ainda mais vagas e recrutadores. A última edição recebeu mais de três mil visitantes, e cerca de 100 empresas participantes.

O recinto da feira vai receber uma visita do Reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira, às 15h00 de terça-feira. Também de representantes de instituições parceiras do evento, da UTAD, da Universidade de Vigo e do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

FINDE.U: Mais de 4 mil oportunidades de carreira na Exponor

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião