Serão as TIC uma área de homens? Em Portugal, apenas um em cada seis trabalhadores é do sexo feminino

Portugal está em linha com a média da União Europeia, onde os homens representam quase 84% dos 2,7 milhões de pessoas com formação nas TIC e que trabalham na área.

Se escolher à sorte seis trabalhadores em Portugal com formação na área das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), o mais provável é que cinco deles sejam homens e apenas uma mulher.

Os números foram revelados esta segunda-feira pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) e demonstram a desigualdade de género que ainda se faz sentir a nível laboral neste domínio.

Mas não é só em Portugal que estas diferenças acontecem. Na verdade, o país está em linha com a média da União Europeia (UE), já que, no ano passado, dos 2,7 milhões de pessoas empregadas na área das TIC, os homens representavam 83,7% do universo.

Além de Portugal (83,3%), também a Estónia (83,1%) e a Eslováquia (84,4%) seguem a tendência da União Europeia, registando valores muito semelhantes.

Entre todos os Estados-membros da UE, o país com a maior percentagem de homens com formação nas TIC e empregados nessa área foi a República Checa (93%). Segue-se a Hungria e a Polónia (ambos com 90%).

Por outro lado, a Bulgária é o país onde essa diferença de género não é tão acentuada, 66% dos trabalhadores das TIC são homens. A Irlanda e a Roménia ficam no segundo e terceiro lugares, com 73% e 75% de trabalhadores do sexo masculino, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Serão as TIC uma área de homens? Em Portugal, apenas um em cada seis trabalhadores é do sexo feminino

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião