Hoje nas notícias: Comissões, reporte de contas e Ryanair

  • ECO
  • 7 Novembro 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A partir do próximo ano, os clientes do Santander vão ver um aumento das comissões de certos cartões de crédito até um máximo de 156%. O que vai também aumentar são as coimas aplicadas às empresas que não entreguem dentro do prazo o ficheiro de auditoria tributária, podendo levar a sanções máximas de 7.500 euros. Ainda esta quarta-feira, sabe-se que a Comissão Europeia expôs online milhares de dados pessoais de políticos portugueses e tudo devido ao concurso das câmaras para terem acesso ao wi-fi gratuito.

Santander agrava custos dos cartões e dificulta isenções

Os clientes do Santander vão ver a comissão de disponibilização de dez cartões de débito aumentar em 33,6% a partir de 7 de janeiro, anunciou a instituição. Conhecidas anteriormente como anuidades, a maioria dos cartões vai ter a partir dessa data um custo anual de 18,64 euros, com o cartão Conta Fácil a verificar uma subida de 156%, a mais expressiva. Apesar destes aumentos, o banco defende que as suas “comissões são as mais competitivas”. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Bruxelas expõe dados pessoais de autarcas portugueses

A Comissão Europeia expôs online os dados pessoais de vários políticos nacionais, nomeadamente moradas, cartões de cidadão, telefones e passaportes. Este acesso que se tornou público aconteceu devido a uma falha de segurança de Bruxelas num concurso em que as câmaras procuravam ter wi-fi gratuito. Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago)

Novo reporte de contas traz coimas a dobrar

As empresas que não entreguem dentro do prazo o ficheiro de auditoria tributária dentro do prazo, ou que não o submetam de todo, vão estar sujeitas a uma coima que pode chegar aos 7.500 euros. A esse valor vai somar-se ainda outro semelhante, devido à não entrega da Informação Empresarial Simplificada (IES). Na prática, será uma coima dupla, algo que os contabilistas afirmam que “não há condições” para se começarem a cumprir de imediato estas regras e pedem que a sua implementação seja apenas em 2020. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

MP analisa queixas da ACT contra a Ryanair

O Ministério Público (MP) está a analisar as três queixas apresentadas pela ACT na sequência das inspeções realizadas às greve dos tripulantes de cabine da Ryanair no país. Em declarações ao Público, uma fonte da ACT afirmou que “as participações do MP foram efetuadas no final de setembro” e são “relativas a substituição de grevistas e coação” e “prejuízo ou discriminação de trabalhador por motivo de adesão ou não a greve”. Leia a notícia completa no Público (acesso pago)

Portugueses fazem mais lixo e reciclam menos

Apesar de todos os esforços do Governo para incentivar a reciclagem, os portugueses continuam a fazer mais lixo e a reciclar menos, concluiu a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) no relatório anual sobre resíduos urbanos. Há quatro anos seguidos que a quantidade de lixo tem vindo a aumentar, mas o maior problema é que a quantidade de resíduos que se está a reciclar caiu 9%, o equivalente a cerca de 50 mil toneladas. Para a APA, as metas definidas dificilmente serão atingidas. Leia a notícia completa na TSF

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Comissões, reporte de contas e Ryanair

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião