Tecnológicas sobre pressão. Wall Street derrapa

As previsões dececionantes para as fabricantes de placas gráficas arrastam os títulos do setor tecnológico. Os principais índices bolsistas dos EUA estão em queda.

Wall Street iniciou a última sessão da semana em queda, num dia em que previsões dececionantes para as fabricantes de placas gráficas arrastam os títulos do setor tecnológico e ditam perdas para os principais índices bolsistas.

O S&P 500 arrancou com uma desvalorização de 0,43%, para os 2.718,54 pontos, enquanto o Dow Jones perde 0,19%, para os 25.242,35 pontos. Já o Nasdaq recua 1%, para os 7.259,03 pontos.

O índice tecnológico é o mais penalizado, numa sessão em que os títulos do setor estão sobre forte pressão, perante as previsões dececionantes para as empresas Nvidia e Applied Materials. Tal fez crescer as preocupações dos investidores relativamente a um eventual fim do boom da indústria de fabrico de placas gráficas.

As ações da Nvídia recuam perto de 20%, depois de a empresa ter reportado receitas trimestrais mais baixas do que o esperado, atribuindo à “pilha” de placas gráficas por vender no seguimento da quebra de mineração de criptomoedas a responsabilidade pelos números apresentados.

Os resultados da Applied Materials, vista como o barómetro para a indústria de fabricantes de placas gráficas, também desagradaram aos investidores. As suas ações deslizam 4%.

Os desenvolvimentos em torno do Brexit também estão a condicionar o rumo das ações norte-americanas, depois de a libra ter sofrido a maior queda diária face ao dólar desde outubro de 2016 na última sessão.

Comentários ({{ total }})

Tecnológicas sobre pressão. Wall Street derrapa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião