Mariana Mortágua: “Partidos têm de se entender na tributação das mais valias” imobiliárias

  • ECO
  • 22 Novembro 2018

A deputada do Bloco de Esquerda diz que houve uma estratégia deliberada do PS e do Governo para descredibilizar o partido no caso da tributação das mais valias imobiliárias.

A deputada do BE, Mariana Mortágua defende um entendimento entre os partidos no caso da tributação das mais-valias imobiliárias. Nesta matéria considera que houve uma estratégia deliberada do PS e do Governo de descredibilizar o partido.

“Houve da parte do governo uma tática de atacar o Bloco, procurar descredibilizá-lo, penso que isso existiu. No caso da tributação das mais-valias imobiliárias foi óbvio”, acusa a deputada em entrevista ao Jornal de Negócios (acesso condicionado).

Mortágua lamenta inclusive que o Governo tenha mudado de opinião aproveitando a demissão do vereador da Câmara Municipal de Lisboa, João Robles, depois de ser conhecida a mais-valia que estava prestes a realizar com um prédio em Lisboa, e que a partir daí ficou conhecido como o caso Robles.

“É de lamentar que tenhamos perdido a oportunidade de negociar em conjunto uma boa medida, que o governo até defendia, em nome de um joguete”, afirma.

A deputada diz que a intenção do Bloco é “criar um novo regime de tributação de mais-valias que é transversal no IRS, IRC e nos fundos imobiliários e que levam em consideração a reabilitação urbana”.

De resto, Mortágua admite até um entendimento com o PSD, mas salienta que “não existe negociação”, com o PSD porque o queremos é “aprovar a nossa proposta. Não estou disposta a trocá-la por uma medida que quanto a mim, peca por ser ainda mais simplista e com muitos defeitos”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mariana Mortágua: “Partidos têm de se entender na tributação das mais valias” imobiliárias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião