ISEG revê em baixa crescimento do PIB para 2,1% a 2,3%

  • Lusa
  • 27 Novembro 2018

O ISEG reviu em baixa a estimativa de crescimento homólogo do PIB este ano para 2,1% a 2,3%. Antes, via a economia crescer até 2,5%.

O ISEG reviu em baixa a estimativa de crescimento homólogo da economia portuguesa este ano para 2,1% a 2,3%, contra os 2,2% a 2,5% anteriormente previstos.

“Em relação à taxa de crescimento final para o ano de 2018, tendo em conta o resultado do terceiro trimestre, é revisto o anterior intervalo de previsão para o mais provável intervalo de 2,1% a 2,3%”, lê-se na Síntese de Conjuntura de novembro do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG).

Relativamente ao quarto trimestre, com base na “escassa” informação quantitativa disponível e “tendo em conta a desaceleração prevista para o crescimento da UE” (União Europeia), o instituto aponta como “mais provável” uma “tendência de desaceleração ligeira, que não exclui pequenas oscilações ou estabilização”, admitindo que “o crescimento pode vir a ser favorecido pela ocorrência de mais três dias úteis em termos homólogos”.

A revisão em baixa pelo ISEG do crescimento da economia portuguesa em 2018 acontece após a estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE) apontar para um crescimento no terceiro trimestre de 2,1% em termos homólogos e de 0,3% em cadeia.

Conforme nota o instituto, “estes valores mostram uma desaceleração do crescimento”, quer em termos homólogos, (de 2,4% para 2,1%), quer em termos trimestrais (de 0,6% para 0,3%). Em outubro, o ISEG tinha estimado que a economia portuguesa crescesse 2,3% homólogos e 0,5% em cadeia no terceiro trimestre.

Comentários ({{ total }})

ISEG revê em baixa crescimento do PIB para 2,1% a 2,3%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião