Centeno oferece livros do “Nobel favorito” aos homólogos europeus

  • Guilherme Monteiro
  • 31 Dezembro 2018

Presidente do Eurogrupo partilhou no Twitter uma fotografia com livros do "prémio Nobel favorito" que ofereceu aos ministros das Finanças europeus.

Numa altura de descanso nos trabalhos do Eurogrupo, Mário Centeno não quis deixar passar a época festiva em branco e ofereceu aos homólogos europeus um “produto de casa”. “Da viagem do elefante” à “Viagem a Portugal” de José Saramago, Centeno partilhou esta manhã no Twitter uma fotografia com vários livros do Nobel português, traduzidos em várias línguas europeias, uma forma de dar presentes do seu “prémio Nobel favorito” a outros ministros das Finanças da Europa.

“Nesta época, tempo para recarregar baterias, ofereci aos colegas do Eurogrupo um livro do meu Nobel favorito, José Saramago”, escreveu Mário Centeno na publicação da rede social.

O ministro das Finanças português recorda ainda, na publicação, o convite aos prémios Nobel da Economia para discursarem no Eurogrupo. Em causa, os convites ao francês Jean Tirole que, em maio concedeu uma entrevista ao ECO, e ao britânico Christopher Pissarides, que prevê a destruição de 10% a 30% dos postos de trabalho existentes devido à revolução digital e de inteligência.

Por ocasião da comemoração dos 20 anos do euro, Mário Centeno disse, em comunicado, que espera ver em 2019 vontade de reforçar a União Económica e Monetária. “A sua importância e o seu impacto durante as duas primeiras décadas da sua história são incontestáveis, mas o seu futuro permanece por escrever. A responsabilidade que pesa sobre nós é, assim, histórica”, sublinhou o ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centeno oferece livros do “Nobel favorito” aos homólogos europeus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião