Bolsas europeias disparam. Fed vai ser “paciente” com subida de juros

Jerome Powell deu o mote para uma forte recuperação das bolsas, tanto nos EUA como na Europa. As praças do Velho Continente subiram quase 3%, assim como o PSI-20.

Jerome Powell está a animar os investidores. Depois de quedas abruptas, os mercados acionistas brilham — a praça portuguesa sobe quase 3% –, depois de o presidente da Reserva Federal dos EUA ter vindo afirmar que vai “ser paciente” no que toca a novas subidas da taxa de juro de referência da maior economia do mundo. Powell vai estar muito atento à economia, sendo que começam a sair sinais que revelam que o motor mundial estará a abrandar.

“Como sempre, não há um rumo pré-definido para a política monetária” da Fed, afirmou Powell na reunião anual da Associação Económica Americana, em que marcaram presença também a sua antecessora, Janet Yellen, bem como Ben Bernanke. “Particularmente tendo em conta a inflação estável que temos observado, iremos aguardar [até realizar novos aumentos de juros] para ver como é que a economia está a evoluir”, salientou.

A inflação tem ficado inalterada, sendo que outros indicadores económicos têm revelado alguma debilidade no crescimento da economia norte-americana. O mais recente foi a subida da taxa de desemprego. Apesar de estar em 3,9%, aumentou. Este dado animou os investidores, puxando pelo arranque da negociação nas praças norte-americanas, mas acabaram por ser a declarações de Powell — mais no sentido que tem sido defendido por Donald Trump — a acentuarem os ganhos nos EUA e na Europa.

As bolsas europeias estavam já em alta perante sinais de que a guerra comercial entre os EUA e a China poderá ter um fim, isto depois de ter sido confirmado o encontro entre responsáveis ao mais alto nível dos dois países a 7 ou 8 de janeiro. Mas rapidamente aceleraram, fechando com ganhos entre 2,2% e 3,3% com a mudança de sentimento dos investidores a nível global — as últimas semanas têm sido marcadas por quedas acentuadas, levando alguns mercados para bear market. O índice de referência Stoxx 600 fechou a subir 2,8%.

Bolsa de Lisboa dispara. Segue ganhos da Europa

Esta forte valorização sentida na Europa contagiou a bolsa nacional. O PSI-20, que até tem escapado às quedas europeias, apresentando subidas ligeiras nas primeiras sessões do ano, fechou a valorizar 2,82% para 4.880,01 pontos, a maior subida intradiária em nove meses. Empresas como a Mota-Engil, Pharol e as papeleiras lideram os ganhos, mas foi o BCP o “motor” desta forte valorização ao ganhar 4,29% para 24,06 cêntimos.

A Galp Energia, outro dos pesos pesados da bolsa de Lisboa, avançou 3,04% para 14,39 euros, recuperando das quedas recentes, beneficiando da recuperação dos preços do petróleo nos mercados internacionais. O Brent, negociado em Londres, regista uma subida de mais de 1,34% para cotar nos 56,70 dólares, depois de recentemente ter baixado a fasquia dos 50 dólares. Em Nova Iorque, o WTI soma 1,30% para os 47,70 dólares.

(Notícia atualizada às 16h42 com cotações de fecho)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bolsas europeias disparam. Fed vai ser “paciente” com subida de juros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião