Preços das casas desaceleram pelo segundo trimestre em Portugal. Está em quarto na Europa

Preços das casas subiram 8,5%, em Portugal, no terceiro trimestre de 2018, mas o ritmo de crescimento abrandou pelo segundo trimestre. Portugal desceu do terceiro para o quarto posto na Zona Euro.

Comprar casa em Portugal está cada vez mais caro, mas o ritmo de subida dos preços desacelerou pelo segundo trimestre consecutivo. O preço dos imóveis subiu, em média, 8,5% no terceiro trimestre do ano passado, com o país a cair de quarto para terceiro no ranking dos maiores aumentos da Zona Euro.

De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pelo Eurostat, os preços das casas aumentaram 4,3%, tanto na Zona Euro como na União Europeia, entre o terceiro trimestre de 2017 e o o mesmo período de 2018.

Contudo, é observada uma desaceleração do ritmo de aumento dos preços na Zona Euro, pelo segundo trimestre consecutivo. Tinham crescido 4,4% no segundo trimestre, abaixo dos 4,5% verificados no primeiro trimestre do ano passado.

A mesma tendência também afetou os imóveis vendidos em Portugal. Entre o início de julho e o final de setembro, os preços das casas aumentaram 8,5%, registando assim uma desaceleração pelo segundo trimestre consecutivo.

Daí resultou uma descida da terceira para a quarta posição do ranking de incrementos de preços no espaço do euro. Na região, maiores valorizações foram registadas apenas pela Holanda (+10,2%), Irlanda (+9,1%) e Letónia (+8,6%). Apenas um país da Zona Euro registou descidas de preços dos imóveis: Itália (-0,8%).

Comentários ({{ total }})

Preços das casas desaceleram pelo segundo trimestre em Portugal. Está em quarto na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião