Dono da Amazon alvo de extorsão e chantagem pelo National Enquirer

  • Lusa
  • 8 Fevereiro 2019

O National Enquirer ameaçou fazer estas revelações se Bezos não parasse com as investigações à forma como a publicação conseguiu fotos e mensagens íntimas de terceiros.

O presidente da Amazon, Jeff Bezos, afirmou que foi alvo de “extorsão e chantagem” por parte do editor do tabloide National Enquirer, que o ameaçou de publicar fotos íntimas.

O National Enquirer ameaçou fazer estas revelações se Bezos não parasse com as investigações à forma como a publicação conseguiu fotos e mensagens íntimas de terceiros.

Bezos, que também é proprietário do The Washington Post, detalhou as suas interações com o American Media Inc., proprietária daquela publicação, numa mensagem colocada num blogue do sítio Medium.com.

Depois de aquele tabloide ter publicada uma história sobre uma relação extraconjugal de Bezos no mês passado, este ordenou a uma equipa de detetives privados para ir até ao fim na investigação à forma como o Enquirer obteve mensagens trocadas entre Bezos e a ex-pivot televisiva Lauren Sanchez.

No início deste mês, o editor do tabloide, Dylan Howard, revelou que estava de posse de fotografias reveladoras de Bezos e Sanchez.

Segundo as mensagens de correio eletrónico divulgadas por Bezos, um advogado da American Media Inc. propos-lhe um acordo na quarta-feira, mediante o qual o tabloide não divulgaria as fotos se Bezos e os seus investigadores divulgassem uma declaração pública “afirmando que não tinham conhecimento ou base” para sugerir que a cobertura da Enquirer era “politicamente motivada ou influenciada por forças políticas”.

No mês passado, o Enquirer reportou que Bezos enviou “mensagens de texto ordinárias e exuberantes mensagens amorosas” a Sanchez, meses antes de anunciar que se estava a divorciar de MacKenzie.

Os jornalistas da Enquirer seguiram, “através de cinco Estados e mais de 60 mil quilómetros”, Bezos e Sanchez “de perto em aviões privados, limusines espalhafatosas, viagens de helicóptero, jantares íntimos e ‘tempo de qualidade’ em ninhos de amor escondidos”, referiu o tabloide na sua história.

Na mensagem que divulgou na quinta-feira, Bezos afirmou que preferiu publicar as mensagens de correio eletrónico que lhe enviaram e à sua equipa de investigação “mais do que capitular à extorsão e chantagem”, apesar do “custo pessoal e do embaraço” associados.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Dono da Amazon alvo de extorsão e chantagem pelo National Enquirer

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião