Impasse entre democratas e republicanos deixam EUA perto de novo shutdown

  • ECO
  • 10 Fevereiro 2019

Democratas e republicanos continuam sem se entenderam quanto à política de segurança das fronteiras norte-americanas. Sem acordo, parte do Governo federal voltará a fechar portas na sexta-feira.

Alguns serviços federais do Governo norte-americano poderão voltar a fechar portas a partir da próxima sexta-feira. O cenário de novo shutdown ganhou terreno nas últimas horas perante o impasse nas negociações entre democratas e republicanos no Congresso.

“As negociações estão paradas neste momento”, admitiu o senador republicano Richard Shelby ao programa “Fox News Sunday”, citado pela agência Reuters, apontando as divergências com os democratas em torno das detenções de imigrantes junto à fronteira. “Diria que há uma probabilidade de 50% de termos um acordo”, referiu Shelby.

Do lado dos democratas, o senador Jon Tester desvalorizou este impasse. “É uma negociação. Raramente as negociações se desenvolvem de uma forma leve”, adiantou o dirigente político.

As duas partes estão a tentar chegar a um acordo até segunda-feira, nomeadamente quanto ao financiamento da segurança transfronteiriça dos EUA. Sem este entendimento, que o Presidente Donald Trump associou a manobra de distração dos democratas, nove departamentos federais e agências deverão encerrar novamente no final na sexta-feira, poucas semanas depois de um shutdown que durou 35 dias.

“Foi uma semana má para os democratas, com os excelentes números económicos, o desastre Virginia e o discurso sobre o Estado da União. Agora, com as terríveis propostas feitas por eles ao Comité da Fronteira, eu acredito que eles querem um shutdown. Eles querem um novo tema”, escrevei Trump no seu Twitter.

 

Comentários ({{ total }})

Impasse entre democratas e republicanos deixam EUA perto de novo shutdown

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião