Costa confirma Pedro Marques como cabeça de lista às europeias

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas irá, assim, prescindir deste cargo para se candidatar às europeias. Os socialistas ainda não revelaram mais nomes para a candidatura a estas eleições.

António Costa confirmou, este sábado, o nome de Pedro Marques como cabeça de lista do Partido Socialista (PS) às eleições europeias, tal como já tinha sido antecipado. O anúncio oficial foi feito no encerramento da convenção nacional do PS, que decorreu em Vila Nova de Gaia e, para já, não foi revelado quem irá juntar-se a Pedro Marques na lista socialista. O ministro do Planeamento e das Infraestruturas irá, assim, prescindir deste cargo para se candidatar às europeias, o que irá levar também a uma remodelação do atual Executivo. O nome já foi aprovado pela Comissão Europeia.

Foi depois de vários minutos de elogios a Pedro Marques que António Costa anunciou o cabeça de lista, cuja candidatura, segundo o primeiro-ministro, já foi aprovada, “em dezembro último”, por Bruxelas. “Para não quebrar a tradição, não vamos renovar o mesmo cabeça de lista”, começou por dizer António Costa, numa referência a Francisco Assis, que não irá candidatar-se nestas eleições.

“Escolhi alguém que creio que está em excelentes condições de dar continuidade a esta boa tradição do PS. Alguém que conhece profundamente o país. Alguém que, enquanto exerceu funções como secretário de Estado da Segurança Social, conheceu como ninguém as necessidades reais do país. Não há em nenhuma freguesia do país, nem em nenhuma instituição, com quem não tenha trabalhado quando foi secretário de Estado. Nos últimos anos, as funções que exerceu têm permitido um grande contacto com todo o país. Se precisamos de alguém para nos representar em Bruxelas, tem de ser alguém que conheça bem o país e que não tenha dúvidas sobre quais são os interesses e as necessidades dos portugueses”, continuou o primeiro-ministro.

E continuou: “No nosso último congresso, tomámos decisão de proceder à renovação dos quadros do PS. É altura de o PS apostar na excelente qualidade de quadros que temos nas gerações abaixo da minha e que assegurarão ao PS a sua contínua renovação”. Aos 42 anos, Pedro Marques, economista de formação, será o mais jovem candidato socialista de sempre a umas eleições europeias.

António Costa salientou ainda o “conhecimento profundo das instituições europeias”, bem como as “provas dadas na ação governativa”, com destaque para a gestão dos fundos comunitários.

Após o anúncio, Pedro Marques subiu ao palco para defender a governação de António Costa e comprometer-se a levar os mesmos valores a Bruxelas: “Mais emprego, menos desigualdade e contas certas tem de ser possível na Europa“, afirmou o ainda ministro do Planeamento.

Fica por saber, para já, quem irá juntar-se a Pedro Marques. O nome de Maria Manuel Leitão Marques, atualmente ministra da Presidência, também tem sido falado, embora ainda não tenha sido oficialmente confirmado.

Notícia atualizada pela última vez às 19h41 com mais informação.

Comentários ({{ total }})

Costa confirma Pedro Marques como cabeça de lista às europeias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião