Pedro Nuno Santos é novo ministro das Infraestruturas e da Habitação

  • Lusa
  • 17 Fevereiro 2019

Pedro Nuno Santos terá como novos secretários de Estado Jorge Moreno Delgado (Infraestruturas) e Alberto Souto de Miranda (Adjunto e das Comunicações), mantendo Ana Pinho na Habitação.

Pedro Nuno Santos, até agora secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, vai desempenhar as funções de ministro das Infraestruturas e da Habitação, após a saída de Pedro Marques para encabeçar a lista do PS às eleições europeias.

O antigo secretário-geral da Juventude Socialista (JS) fica com a pasta das Infraestruturas, uma das áreas que eram tuteladas pelo ministro cessante Pedro Marques, e com a Habitação, que tem estado dependente do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

Pedro Nuno Santos terá como novos secretários de Estado Jorge Moreno Delgado (Infraestruturas) e Alberto Souto de Miranda (Adjunto e das Comunicações), mantendo-se Ana Pinho na Habitação.

Natural de São João da Madeira, distrito de Aveiro, Pedro Nuno Santos tem 41 anos, é pai de um filho, sendo licenciado em Economia pelo ISEG, instituição da Universidade Técnica de Lisboa na qual foi presidente da Mesa da RGA (Reunião Geral de Alunos) e membro do senado desta instituição.

Pedro Nuno Santos iniciou a sua atividade política na JS aos 14 anos e, entre 2004 a 2008, foi secretário-geral desta organização de juventude, período em que esteve empenhado primeiro na legalização da Interrupção voluntária da gravidez e, depois, na consagração em lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Entrou no Parlamento em 2005, com a primeira maioria absoluta do PS, na altura em que este partido era liderado por José Sócrates, e esteve com este antigo primeiro-ministro até à derrota eleitoral dos socialistas de junho de 2011.

Enquanto secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos coordenou as negociações entre o Executivo de António Costa e os parceiros parlamentares que viabilizaram em 2015 o atual Governo minoritário socialista: O Bloco de Esquerda, o PCP e o PEV.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Pedro Nuno Santos é novo ministro das Infraestruturas e da Habitação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião