PSD vai votar a favor da moção de censura ao Governo anunciada pelo CDS

  • ECO
  • 18 Fevereiro 2019

David Justino confirma à Rádio Renascença voto a favor da moção de censura ao Governo, anunciada na semana passada pelo CDS.

O PSD vai votar a favor da moção de censura ao Governo, lançada na semana passada por Assunção Cristas. A notícia foi confirmada por David Justino, presidente do Conselho Estratégico do PSD, avança esta manhã a Rádio Renascença.

“Não tem muito sentido nós estamos, por um lado, a dizer que estamos contra o Governo, por outro, estarmos a fazer oposição e, por outro lado, não secundar a posição do CDS. Muito provavelmente a posição de que vamos tomar — se nada mudar — é precisamente de votar a favor da moção do CDS”, revelou o vice-presidente do PSD, colocando um ponto final ao silêncio de Rui Rio e à especulação dos últimos dias.

O CDS, através da líder do partido Assunção Cristas, anunciou esta sexta-feira a intenção de apresentar uma moção de censura ao Governo de António Costa. O documento serve, avançou o Expresso, para fazer um balanço da governação do primeiro-ministro e foi lançada numa altura em que o Executivo tinha uma remodelação em curso, anunciada finalmente este fim de semana.

“O Governo está esgotado”, diz o texto da moção do partido de Assunção Cristas. “É um Governo que cria problemas e é incapaz de encontrar soluções. As críticas dos partidos que constituem a sua base de apoio são constantes, a paz social está em rutura e vários setores da nossa sociedade exasperam com a arrogância e a falta de diálogo do executivo”, refere o documento. “O Governo falha às pessoas”, remata Cristas.

O documento será discutido esta quarta-feira no Parlamento. Para ser aprovada, a moção precisa de 116 votos.

CDS saúda apoio do PSD. Se não “mal seria”

O CDS saudou esta segunda-feira o anúncio do PSD, de que votará a favor da moção de censura centrista, e afirmou preferir essa posição a ver os sociais-democratas a negociar com o PS e o Governo. “Acho que faz muito bem. Mal seria…”, comentou, em declarações à Lusa, o vice-presidente do CDS, Nuno Melo, que é também cabeça de lista do partido às europeias.

A três dias do debate da moção de censura, anunciada por Assunção Cristas, na sexta-feira, Nuno Melo comentou com um “ainda bem” a posição do PSD. “Ainda bem porque o espaço político de centro-direita tem que se concentrar numa oposição a um governo que é mau e a um PS que nem sequer deveria ser Governo”, afirmou.

Nuno Melo afirmou preferir este posicionamento dos sociais-democratas a uma aproximação aos socialistas, como aconteceu no passado, após a chegada de Rui Rio à liderança do PSD. “Prefiro ver um PSD que vota a favor das moções de censura que o CDS apresenta do que um PSD que se senta com o PS a celebrar acordos em áreas que são, para nós, graves, entre elas as que consagram impostos europeus ou uma vontade de descentralização que o mundo autárquico repudia”, acrescentou.

(Notícia atualizada às 11h15 com reação do vice-presidente do CDS)

Comentários ({{ total }})

PSD vai votar a favor da moção de censura ao Governo anunciada pelo CDS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião