Petrolífera Total compra quarto maior produtor de energias renováveis em Portugal por 600 milhões de euros

  • ECO
  • 25 Fevereiro 2019

A Total venceu a corrida à compra da gigante das renováveis em Portugal com uma oferta de 600 milhões de euros. Entre os interessados encontrava-se a chinesa Datang.

A petrolífera francesa Total conseguiu superar a oferta dos chineses da Datang para comprar a portuguesa Novenergia. A sociedade, que detém a Generg, é a quarta maior produtora de energias renováveis em Portugal. A aquisição foi concluída no final da semana passada, segundo avança o Expresso (conteúdo pago).

A gigante das renováveis em solo nacional recebeu uma oferta de mais de 600 milhões de euros dos franceses da Total. Os interessados que estavam na corrida à compra da Novenergia já foram notificados da escolha da sociedade. Entre aqueles que queriam adquirir a sociedade encontrava-se a estatal chinesa Datang, o fundo norte-americano Contour Global e a Finerge, que também produz energia eólica em Portugal.

O líder do fundo, Carlos Pimenta, indicou ao semanário que o processo de venda “correu de forma muito intensa e competitiva e em que o valor da empresa, das pessoas que a integram e do seu potencial de crescimento foi reconhecido pelo vencedor e também pelos outros principais concorrentes”.

Acima da holding liderada por Carlos Pimenta na produção de energias renováveis em Portugal está a EDP, que assume o título de maior produtora. Também a Finerge, que está nas mãos dos australianos da First State, e a Iberwind, detida pelo grupo chinês Cheung Kong, superam a Novenergia, em solo nacional.

A francesa Total voltou ao mercado português de combustíveis no ano passado, depois de ter vendido os postos de abastecimento no país à espanhola Cepsa há mais de dez anos.

Comentários ({{ total }})

Petrolífera Total compra quarto maior produtor de energias renováveis em Portugal por 600 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião