Tesla vai fechar as lojas. Lança Model 3 de 35 mil dólares para fugir aos prejuízos

  • ECO
  • 1 Março 2019

A fabricante de carros elétricos vai passar a vender exclusivamente online, uma medida que permitirá reduzir os preços de todos os modelos numa média de 6%.

Depois de ter anunciado que irá eliminar cerca de três mil postos de trabalho e de ter alertado para o “caminho muito difícil que tem pela frente”, a Tesla revela agora quais serão os próximos passos no futuro próximo. A fabricante de carros elétricos vai voltar a registar prejuízos no primeiro trimestre deste ano, ao contrário daquelas que tinham sido as previsões antecipadas até agora por Elon Musk, que revelou também que as vendas passarão a ser feitas exclusivamente online, uma medida que permitirá reduzir os preços de venda em cerca de 6%. O Model 3 “low cost” será a grande aposta para fugir aos prejuízos.

As novidades foram anunciadas pelo presidente executivo da Tesla na quinta-feira, em declarações à imprensa internacional. Segundo Elon Musk, os prejuízos que deverão ser apresentados no primeiro trimestre devem-se a desafios como as dificuldades de entrada nos mercados chinês e europeu. “Mas acreditamos que é provável que, no segundo trimestre, haja lucro“, ressalva o responsável, citado pela Bloomberg, sem detalhar qual será a dimensão dos prejuízos. No exercício de 2018, a empresa reportou prejuízos de 717,5 milhões de dólares, apesar de ter aumentado o volume de negócios para quatro mil milhões.

Perante este cenário, a Tesla vai fechar a maioria das 130 lojas que tem em funcionamento, para passar a vender exclusivamente online. Esta medida deverá permitir à empresa baixar os preços de todos os modelos numa média de 6%, ao mesmo tempo que irá lançar o há muito prometido Model 3, que irá ter um preço de venda ao público de 35 mil dólares. Há já quase três anos que a Tesla está a receber encomendas deste modelo.

“A Tesla foi pioneira nas vendas diretas a consumidores e as lojas foram sempre mais uma forma de publicidade do que um portal de transação. Fechar as lojas não é assim tão louco”, considerou Elon Musk. “Não há outra forma de alcançar as poupanças necessárias“, acrescentou.

Ainda assim, algumas das 130 lojas irão manter-se em zonas de maior tráfego, enquanto outras serão convertidas em centros de serviços e de reparações.

Elon Musk antecipou ainda que a Tesla deverá produzir entre 420 mil e 600 mil carros, dos quais a maioria (entre 350 mil e 500 mil) serão Model 3.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tesla vai fechar as lojas. Lança Model 3 de 35 mil dólares para fugir aos prejuízos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião