EDP Renováveis vai dar luz à Microsoft nos Estados Unidos

As empresas fecharam dois contratos de compra e venda de energia limpa que vai ser produzida no estado norte-americano de Ohio.

A EDP Renováveis vai vender energia à Microsoft nos Estados Unidos da América (EUA). As empresas fecharam dois contratos de compra e venda de energia limpa que vai ser produzida no estado norte-americano de Ohio, pode ler-se no comunicado da EDP, também publicado no site da empresa.

Os acordos assinados pela EDP Renováveis através da sua filial EDP Renewables North America têm a duração de 15 anos e vão permitir vender a energia do parque eólico Timber Road IV, no Condado de Paulding, em Ohio. Este parque terá uma capacidade de 125 MW, o que equivale ao abastecimento de mais de 36 mil habitações durante um ano inteiro.

O parque deve entrar em operação ainda em 2019 e vai gerar postos de trabalho e ganhos económicos para as comunidades envolventes, nomeadamente através do pagamento de rendas aos proprietários dos terrenos utilizados para construir este parque de energia limpa”, lê-se no comunicado.

Uma vez em funcionamento, o parque eólico Timber Road IV será o quarto detido pela EDP Renováveis no estado de Ohio e o terceiro no condado de Paulding. Ao todo, os quatro parques têm uma capacidade total de 392 MW, representando mais de 40% da capacidade eólica instalada naquele estado.

Estes acordos fazem parte de um pacote de novos parques anunciados pela EDP Renováveis no passado dia 24 de julho. Acordos que são, segundo a EDP, “um exemplo claro da capacidade da empresa de trabalhar diretamente com clientes institucionais, contribuindo para que alcancem os seus objetivos relacionados com energia renovável e redução das emissões de carbono”.

No ano passado, na mesma estratégia, foram assinados acordos com algumas empresas como o Facebook, o Wallmart e a Salesforce. A EDP Renováveis está presente em 15 estados norte-americanos, tendo anunciado recentemente a entrada no Colorado com um parque eólico de 104MW.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis vai dar luz à Microsoft nos Estados Unidos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião