Espírito Santo Property já pagou 36 milhões de euros de dívida aos credores

Empresa de imobiliário do antigo Grupo Espírito Santo (GES) está em PER desde 2015 e concluiu, este ano, o pagamento da totalidade do montante em dívida.

A empresa de imobiliário do antigo Grupo Espírito Santo (GES), a Espírito Santo Property Portugal SGPS, pagou no início deste ano a última tranche da dívida que a investidores de papel comercial que saíram lesados com o colapso do grupo. O pagamento de 36 milhões de euros aconteceu no âmbito do Plano Especial de Revitalização (PER), que está em curso desde maio de 2015 e envolve dívida reclamada por mais de 360 credores, particulares e institucionais.

“As medidas foram implementadas na íntegra e a mobilização dos ativos arrestados à ordem do tribunal foi executada sempre em articulação e com a aprovação prévia das entidades judiciais, tendo como objetivo gerar os meios financeiros necessários à satisfação das expectativas e dos compromissos assumidos”, explicou a empresa em comunicado.

O plano aprovado, que tinha como finalidade reestruturar a empresa e assegurar o pagamento integral das dívidas aos credores, passava pela implementação de várias medidas, incluindo cortes nos custos de funcionamento, conclusão de projetos imobiliários em curso e a alienação de ativos imobiliários.

A Espírito Santo Property era a empresa que geria o património imobiliário do GES e o PER previa o reembolso da dívida reclamada em seis tranches anuais, entre 2015 e 2020. Após ter antecipado a tranches referentes a 2018 e 2019, pagou agora a totalidade da dívida, tornando-se a primeira empresa do universo Espírito Santo a reembolsar integralmente o papel comercial subscrito por investidores de retalho.

Estes lesados não estão abrangidos pelo acordo alcançado entre o Governo, Banco de Portugal, CMVM e as associações de lesados. Por reembolsar estão ainda milhares de investidores de outras empresas do GES, nomeadamente a Rioforte e a Espírito Santo International.

Comentários ({{ total }})

Espírito Santo Property já pagou 36 milhões de euros de dívida aos credores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião