Governo trava barragem do Fridão. EDP vai ter de ser indemnizada

Governo tinha de decidir até 18 de abril sobre eventual construção da barragem do Fridão no rio Tâmega. A resposta será negativa, diz Marques Mendes. A EDP pode vir a receber 200 milhões de euros.

A barragem do Fridão, a construir em Amarante, não vai avançar, revelou Marques Mendes no seu comentário semanal da Sic Notícias. A decisão deverá ser tomada até 18 de abril. Esta decisão vai implicar, no entanto, uma indemnização à EDP.

“O Governo tem de decidir até 18 de abril” se avança ou não com a barragem do Fridão. “Apurei que a intenção do Governo é que ela não avance“, disse Marques Mendes. “Um boa notícia para os ambientalistas e para as populações locais. Resta saber como a EDP será indemnizada”, acrescentou.

De acordo com o ministro do Ambiente, esta indemnização pode ser superior a 200 milhões de euros. Em janeiro, no Parlamento, quando questionado pelos deputados, Matos Fernandes, citado pela Lusa, explicou que “a razão principal de fazer ou não fazer a barragem de Fridão tem a ver com o compromisso de atingir determinadas metas de energia renovável até 2030”. Na mesma audição adiantou que, se a decisão for negativa, está em causa um pagamento à EDP, empresa à qual o complexo hidroelétrico foi concessionado, superior a 200 milhões de euros, disse o responsável. Esse valor corresponde ao montante que a EDP já investiu no projeto, confirmou o ECO junto de fonte oficial da elétrica.

A construção da barragem do Fridão no rio Tâmega, juntou à zona de Amarante, está prevista há mais de uma década, no âmbito do Plano Nacional de Barragens, mas a EDP, empresa à qual o complexo hidroelétrico foi concessionado, e o Governo têm adiado a sua concretização. Em abril de 2016, o Governo anunciou que decidiu suspender por três anos a barragem do Fridão. A albufeira da barragem de Fridão afetaria os concelhos de Amarante, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Mondim de Basto e uma pequena parcela do território de Ribeira de Pena.

(Notícia corrigida com o valor correto da possível indemnização)

Comentários ({{ total }})

Governo trava barragem do Fridão. EDP vai ter de ser indemnizada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião