Tem um carro elétrico? Postos normais de carregamento passam hoje a ser pagos

  • ECO
  • 1 Abril 2019

Se tem um carro elétrico, veja sempre no posto de carregamento se tem ou não de pagar pela energia. Os operadores podem agora cobrar pelos carregamento em postos normais instalados em locais privados.

Tem um carro elétrico? As empresas que operam os postos de carregamento já podem cobrar pela energia em todos os postos. A cobrança ainda é facultativa nesta fase transitória, ficando a decisão de cobrar, ou não, a cargo dos operadores.

“No dia 1 de abril de 2019 inicia-se uma nova fase da mobilidade elétrica, na qual os operadores de postos de carregamento, com postos instalados em espaços privados, poderão começar a cobrar pelos carregamentos de veículos elétricos”, recordou a Mobi.e, que opera a rede nacional, em comunicado.

Segundo a empresa, os operadores vão indicar em cada posto a taxa a pagar pelos utilizadores que lá pretendam carregar os seus automóveis, caso os postos se encontrem a pagamento. Mais informação também pode ser consultada no site e na aplicação da Mobi.e, garante a empresa.

“Para utilizarem os postos que se encontrarem a pagamento, os utilizadores deverão ter um cartão de acesso à rede de mobilidade elétrica emitido por um dos comercializadores”, assinala ainda a Mobi.e. “Relembramos que estes cartões darão acesso a todos os postos de carregamento da rede Mobi.e, independentemente do operador do posto de carregamento e do posto se encontrar, ou não, em pagamento”, frisa a empresa.

Desde 1 de novembro do ano passado que os carregamentos nos postos de carregamento rápidos passou a ser pago. Agora, o regime foi alargado a todos os postos, incluindo os normais, instalados em espaços privados. “Estão agora reunidas as condições para que se possam iniciar os pagamentos em todos os postos”, aponta Mobi.e na mesma nota.

Comentários ({{ total }})

Tem um carro elétrico? Postos normais de carregamento passam hoje a ser pagos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião