Ex-mulher de Matos Fernandes escolhida duas vezes para organismos do Ministério do Ambiente

  • ECO
  • 4 Abril 2019

A ex-mulher do ministro do Ambiente foi nomeada duas vezes para organismos do Ministério do Ambiente, uma delas quando ainda eram casados.

A ex-mulher do ministro do Ambiente, Isabel Marrana, foi nomeada duas vezes para organismos desse Ministério, uma delas quando ainda era casada com João Pedro Matos Fernandes, avança o Expresso. Ao mesmo jornal, ambos negaram qualquer tipo de favorecimento, com o ministro a afirmar que não teve nada a ver com essas nomeações.

Em dezembro de 2015, Isabel Marrana foi nomeada chefe do Gabinete de Célia Ramos, secretária de Estado do Ordenamento do Território, sob a tutela do Ministério do Ambiente, liderado por Matos Fernandes. Nessa altura, os dois eram casados.

Quatro anos depois, já depois de ter deixado o Governo durante um período que coincidiu com a separação, Isabel Marrana foi escolhida para assessora da Agência Portuguesa do Ambiente (na ARH Norte), outro organismo sob a tutela direta de Matos Fernandes.

Contactados pelo Expresso, tanto Isabel Marrana como Matos Fernandes negaram qualquer tipo de favorecimento. “Não tive nada a ver com essa nomeação”, referiu o ministro sobre a primeira indigitação da ex-mulher. Já Isabel Marrana explicou: “Trabalhava há dez anos com Célia Ramos. O meu então marido limitou-se a dizer ‘vocês entendam-se’. Não teve qualquer influência nesta escolha“.

“Não era a situação mais confortável do mundo, mas não achei estranho”, sublinhou Isabel Marrana, quando questionada se esta nomeação não tinha levantado dúvidas éticas. “Rigorosamente nenhumas”, completou Matos Fernandes.

“Não gosto de ver o meu nome nos jornais, mas estou de consciência tranquila e tê-lo-ia feito novamente. Não tenho culpa de ter sido casada com quem fui e isso nunca me beneficiou de que maneira fosse”, rematou a ex-mulher do ministro, afirmando que voltaria a aceitar o cargo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-mulher de Matos Fernandes escolhida duas vezes para organismos do Ministério do Ambiente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião