Combustíveis mais caros na próxima semana. Gasolina sobe pela décima semana seguida

Gasolina vai subir 1,5 cêntimos por litro na próxima segunda-feira. Vai ser a décima semana de subidas para este combustível. O gasóleo também vai ficar mais caro: aumenta 1 cêntimo.

Não espere pela próxima semana para atestar o depósito do seu automóvel. Os combustíveis vão ficar mais caros a partir de meia-noite da próxima segunda-feira. No caso da gasolina, vai ser a décima semana de subida dos preços para o valor mais elevado desde novembro.

Fonte do setor adiantou ao ECO que o litro de gasolina vai encarecer 1,5 cêntimos. Confirmando-se este cenário, será a décima semana de subidas, atirando o preço para os 1,541 euros, o valor mais elevado desde 5 de novembro, de acordo com os dados oficiais da Direção Geral de Energia.

O preço do diesel, o combustível mais usado pelos portugueses, também vai aumentar na próxima semana. O aumento será de 1 cêntimos por litro, o que vai levar o preço do gasóleo para os 1,384 euros, segundo as estatísticas oficiais. Será a segunda semana de subidas.

A evolução dos preços dos combustíveis reflete o comportamento da cotação do petróleo e derivados petrolíferos nos mercados internacionais na última semana e ainda da cotação do euro, tendo em conta que as matérias-primas são geralmente transacionadas em dólares e a valorização da divisa americana torna as exportações para o euro mais caras.

Esta semana, o barril de brent acumula uma valorização de quase 2%, transacionando nos 71,63 dólares — já dispara 33% em 2019. Por outro lado, o crude regista uma subida semanal de 2,33%.

Os preços dos combustíveis em Portugal podem variar de posto para posto.

(Notícia atualizada às 11h47)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Combustíveis mais caros na próxima semana. Gasolina sobe pela décima semana seguida

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião