Revista de imprensa internacional

  • ECO
  • 15 Abril 2019

No dia em que é notícia que a American Airlines vai suspender os voos operados com Boeing 737 Max até agosto, a Comissão Europeia escrutina a Google nas operações que realiza na Irlanda.

O dia arranca com a notícia de que a American Airlines vai suspender os voos operados com Boeing 737 Max até agosto, prolongando o prazo que tinha definido anteriormente. Ao mesmo tempo, a Volkswagen tem estado a pressionar vários parceiros para que seja construída uma mega fábrica de produção de baterias para veículos elétricos. Na União Europeia, a Google está a ser escrutinada devido às operações que realiza na Irlanda.

Cinco Días

American Airlines estende até agosto o cancelamento de voos com Boeing 737 Max

A maior companhia aérea dos Estados Unidos decidiu prolongar o cancelamento dos voos operados com Boeing 737 Max até 19 de agosto, uma decisão que afetará 115 voos diários. O CEO da American Airlines, Doug Parker, e o presidente Robert Isom, anunciaram aos funcionários que acreditam que a frota de Boeing 737 Max seja certificada novamente pelas autoridades até essa data, mas preferem adotar uma postura mais preventiva. Leia a notícia completa no Cinco Días (acesso livre, conteúdo em espanhol)

Reuters

Volkswagen pressiona parceiros para construírem gigafactories

A empresa alemã está a pressionar os parceiros para criarem uma joint-venture e construírem fábricas de produção de baterias para carros elétricos. A ideia da Volkswagen é que estas gigafactories semelhantes à da Tesla na China — tenham uma produção de, pelo menos, um Gigawatt, disse Herbert Diess, presidente-executivo. “Qualquer coisa abaixo desse valor faria pouco sentido”, admitiu. A empresa está a construir 16 fábricas para produzir veículos elétricos e planeia começar a produzir 33 modelos diferentes sob as marcas Skoda, Audi, Volkswagen e Seat. Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

Bloomberg

Acordo fiscal irlandês com a Google deixa a UE em alerta

A União Europeia (UE) tem estado a analisar mais de perto a forma como a Google realiza operações na Irlanda para ajudar a reduzir as suas obrigações tributárias dentro do bloco comercial, revelaram duas fontes citadas pela Bloomberg. As Autoridades da Comissão Europeia mantiveram conversações detalhadas com as autoridades irlandesas no final do ano passado sobre a Google, procurando saber se esta cumpria as regras que limitam os benefícios fiscais oferecidos pelos Governos europeus. Leia a notícia completa na Bloomberg (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Financial Times

Regulador alemão diz que Huawei não será excluída da rede 5G

Apesar da pressão dos Estados Unidos para excluir, por razões de segurança, a fabricante de equipamentos Huawei da rede 5G, o regulador de telecomunicações da Alemanha deixou claro que não vai adotar essa medida. “A posição da Bundesnetzagentur é que nenhum fornecedor de equipamentos, incluindo a Huawei, deve ou pode ser especificamente excluído”, disse Jochen Homann, presidente da Bundesnetzagentur. Apesar dos alertas deixados pelos Estados Unidos da América (EUA), a Alemanha vai recorrer a tecnologia para 5G da empresa chinesa. Leia a notícia completa em Financial Times (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Bloomberg

Grupo francês Vivendi supera previsões. Receita aumenta quase 6%

A Vivendi SA superou as expectativas dos especialistas para as vendas do primeiro trimestre, beneficiando de um mercado de música dinâmico. A receita do grupo francês liderado por Arnaud de Puyfontaine aumentou 5,7%, para 3,46 mil milhões de euros. Há um ano, a receita estava nos 3,12 mil milhões de euros. Já as previsões dos analistas apontavam para uma possível receita de 3,38 milhões de euros, ou seja, previam um crescimento, mas não tão expressivo como o verificado. Leia a notícia completa em Bloomberg (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião