Tesla instala-se em Xangai. Quer ter os primeiros carros elétricos em três anos

A empresa de Elon Musk assinou um acordo com o Governo de Xangai para a construção de uma fábrica de veículos elétricos. Já comprou um terreno com mais de 800 mil metros quadrados.

A Tesla assinou um acordo com o Governo de Xangai para a construção da sua primeira fábrica fora dos Estados Unidos, de acordo com a notícia avançada pela CNBC (conteúdo em inglês). A ideia é que a fábrica produza os primeiros carros elétricos dentro de três de anos e o terreno, com mais de 800 mil metros quadrados, já foi comprado.

A empresa liderada por Elon Musk adquiriu um terreno com 864.885 metros quadrados na zona de Lingang, em Xangai, para construir a primeira fábrica de carros elétricos fora de território norte-americano. O lote terá sido comprado em leilão por 973 milhões de yuans (121,5 milhões de euros), avança a Reuters (conteúdo em inglês).

Os planos para a nova fábrica foram anunciados pela primeira vez em julho, que ficará localizada a cerca de 75 quilómetros a sudeste do centro de Xangai e a cerca de duas horas de metro. Vários fabricantes de automóveis já estão instalados em Lingang e já são muitos os veículos elétricos de teste que são vistos a circular pelas ruas.

A ideia da Tesla é que a nova fábrica produza os primeiros veículos elétricos em três anos, de acordo com um comunicado emitido pela empresa em agosto, citado pela CNBC. A instalação inicial terá uma capacidade para cerca de 250 mil veículos e baterias por ano, mas espera-se que esse valor duplique no futuro. O investimento por parte da empresa “não começará de forma significativa até 2019”.

Num relatório deste mês, a fabricante notou que não tem acesso aos mesmos incentivos fiscais que os fabricantes chineses locais e que os custos e as tarifas do transporte marítimo provam uma desvantagem de 55% a 60%. A Nip, apelidada de “Tesla da China” e com sede em Xangai, abriu capital aos Estados Unidos em setembro e afirmou, no início deste semana, que superou a sua meta de produção no terceiro trimestre fiscal em várias centenas de veículos. Ainda este mês, o maior investidor externo da Tesla anunciou uma participação de 11,4% na Nio.

Comentários ({{ total }})

Tesla instala-se em Xangai. Quer ter os primeiros carros elétricos em três anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião