Musk deixa cargo de chairman da Tesla. Ações disparam 16%

Depois de Elon Musk ter chegado a acordo com o organismo homólogo da CMVM sobre as acusações de fraude, as ações da Tesla está a disparar mais de 16%.

O aperto de mãos entre Elon Musk e o regulador da bolsa norte-americana sobre as acusações de fraude está a animar os investidores. De acordo com o Financial Times, esta segunda-feira, as ações da Tesla estão, por isso, a disparar mais de 16%, nas negociações que antecedem a abertura dos mercados.

Na quinta-feira, o homólogo americano da portuguesa CMVM — o Securities and Exchange Commission (SEC) — decidiu intentar uma ação contra o CEO desta fabricante de automóveis elétricos, acusando-o de fraude bolsista. Em causa estava o tweet em que Musk anunciava a intenção de retirar a Tesla de bolsa com um prémio superior a 20%.

“Estou a considerar tornar a Tesla privada a 420 dólares [cerca de 360 euros]. Financiamento assegurado”, escreveu Musk, no Twitter, a 7 de agosto. Em consequência, os títulos da fabricante somaram mais de 7%, tendo a negociação sido suspensa. A 15 minutos do fim da sessão, a negociação foi, no entanto, retomada, tendo as ações da empresa disparado 10,98% para 379,57 dólares.

Oito dias depois dessas declarações, a SEC enviou uma intimação à Tesla por causa dos planos de privatização e da garantia dada por Musk de que o financiamento estava garantido. Na quinta-feira, o regulador concluiu, por fim, que o processo em causa “implica uma série de afirmações falsas e enganadoras feitas pelo presidente executivo da Tesla”, acusando Elon Musk de fraude.

Apesar de inicialmente ter recusado fechar um acordo com o regulador, o empresário acabou por aceitar deixar temporariamente o cargo de chairman da fabricante automóvel por três anos e pagar uma coima, o que está a tranquilizar os investidores, esta segunda-feira.

Neste quadro, as ações da Tesla estão a subir 16,5% para 308,68 dólares, recuperando da queda que tinham sofrido no dia das acusações referidas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Musk deixa cargo de chairman da Tesla. Ações disparam 16%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião