Petróleo cai abaixo dos 70 dólares em Londres

Renovadas tensões na guerra comercial aumentam receios sobre o impacto que o travão na economia chinesa terá na procura mundial pela matéria-prima.

O preço do petróleo está em queda, a refletir os receios de que a procura mundial pela matéria-prima seja afetada pela economia chinesa. Após o presidente norte-americano Donald Trump ter renovado as tensões na guerra comercial, o petróleo negoceia abaixo dos 70 dólares em Londres. Está próximo dos 60 dólares nos EUA.

O presidente dos EUA anunciou este domingo uma subida nas tarifas de alguns produtos chineses para 25%. Os novos preços entram em vigor na sexta-feira e significam um agravamento face aos 10% suportados até agora. A decisão vem deitar por terra a perspetiva de um acordo, dizem os analistas, levando a quedas expressivas nos mercados acionistas, mas também no petróleo.

Em Londres, o Brent desvaloriza 1,4% para 69,87 dólares por barril, para mínimos de 25 de março. Já em Nova Iorque, o crude WTI recua 1,68% para 60,90 dólares.

“O endurecimento repentino da posição de Trump sobre as tarifas à China assustou os investidores, que se estão a mexer para reduzir os níveis de risco nos mercados. A perspetiva de meses de negociações comerciais a descarrilarem por causa de Trump aumentou as preocupações sobre o futuro da procura por petróleo“, explicou Jasper Lawler, head of research de futuros da corretora britânica London Capital Group, à Reuters.

Comentários ({{ total }})

Petróleo cai abaixo dos 70 dólares em Londres

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião