CTT investem 12,7 milhões de euros em mais de 600 carros novos

A empresa dos Correios lançou um concurso público para ter carros novos e garantir a respetiva manutenção. Prevê investir 12,7 milhões de euros para substituir 617 veículos ligeiros de mercadorias.

Os CTT estão à procura de carros novos. A empresa liderada por Francisco de Lacerda lançou um concurso público para o aluguer e garantia da manutenção de veículos, num investimento avaliado em 12,7 milhões de euros. No total, pretende 617 veículos ligeiros de mercadorias.

A indicação do lançamento desse concurso público foi publicado em Diário da República nesta terça-feira, sendo o objeto o “Aluguer Operacional de Veículos e Prestação de Serviços Complementares para Veículos Ligeiros Operacionais” para todas as regiões do país.

No documento não é dada conta do número de viaturas em causa. Mas contactada pelo ECO, fonte oficial dos CTT adiantou que “são 617 veículos ligeiros de mercadorias, que visam substituir idêntico número de viaturas cujo contrato termina em 2019”.

No anúncio publicado em Diário da República, é indicado que o valor base do procedimento em concurso é de 12,72 milhões de euros, para um contrato que tem um prazo de 60 meses. Tendo em conta o montante previsto no contrato representará um investimento médio de 20.615 euros por veículo.

No final do ano passado, os CTT anunciaram um plano de investimento e modernização no valor de 40 milhões de euros, que passa pela criação de grandes centros de distribuição e logística, compra de máquinas de preparação de correio, mas também a aquisição de carros elétricos.

Os CTT continuam em profunda reestruturação interna, isto para fazer face à quebra dos resultados. No primeiro trimestre do ano, a empresa registou uma descida dos lucros em 38% para 3,7 milhões de euros, pressionada pela deterioração do negócio postal. Francisco Lacerda tem apostado agora no segmento de Expresso & Encomendas e no Banco CTT como alavancas das receitas do grupo postal.

Comentários ({{ total }})

CTT investem 12,7 milhões de euros em mais de 600 carros novos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião