Hoje nas notícias: Ferrovia, estudantes e sondagens

  • ECO
  • 22 Maio 2019

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A falta de investimento nos caminhos-de-ferro em Portugal está a impedir a execução de trabalhos de manutenção mais profundos em toda a linha ferroviária, assume a Infraestruturas de Portugal. Também a encontrar entraves está o reforço de alojamentos para estudantes universitários que, ao contrário do prometido pelo Governo, não avançará a tempo do próximo ano letivo. Contudo, e apesar da quebra no investimento público, as sondagens continuam a sorrir ao Partido Socialista. No meio disto, uma arbitragem concluiu que a Autoridade Tributária não pode cobrar mais ISV em carros importados em função da idade do veículo, mesmo evocando razões ambientais, e o total de contribuintes com rendimentos superiores a 250 mil euros cresceu 15% de 2016 para 2017, totalizando 3.215 agregados.

Governo trava melhorias na segurança da ferrovia

É mais um caso de um cobertor demasiado pequeno. Se puxar para cima, fica descoberto em baixo. Se puxa para baixo, acaba descoberto em cima. A Infraestruturas de Portugal (IP) assume num anexo a um relatório sobre um descarrilamento na Linha do Douro que não tem recursos para operações de manutenção mais profundas na rede ferroviária portuguesa, culpando as “restrições de contratação de recursos humanos impostas pela tutela”. Segundo a IP, com os meios atuais, a manutenção exige escolhas difíceis: ou alocam recursos na manutenção preventiva, como deteção de fissuras não detetáveis visualmente, ou dão prioridade aos trabalhos diários de manutenção, já que não têm meios para ambas.

Leia a notícia completa no Público (acesso pago)

Programa para aumento de alojamentos para estudantes sem impacto este ano

O reforço de capacidade dos alojamentos para estudantes do ensino superior ainda não terá efeitos este ano, ao contrário do previsto pelo Governo. O executivo esperava que as parcerias entre a Fundiestamo e diferentes instituições começassem a ter impacto a tempo do arranque do próximo ano lectivo, mas os projetos ainda não saíram do papel.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

Maioria dos portugueses quer PS a governar o país, mesmo que não ganhe as eleições

A maioria dos portugueses quer que o PS continue a governar — mesmo que não ganhe as eleições — e só os eleitores da direita é que desejam um governo de bloco central. Entre os 1.093 inquiridos, 27% disseram que vão votar no PS e 18% no PSD. BE regista 9% das intenções de voto, CDU fica com 8%, PAN consegue os mesmos 3% e o Aliança não consegue ultrapassar 1% nas legislativas. O trabalho foi elaborado pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa para o Público e RTP.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Fisco obrigado a devolver ISV de carro usado importado

Uma decisão do Centro de Arbitragem Administrativa condenou a Autoridade Tributária a devolver a um contribuinte parte do Imposto sobre Veículos cobrado na importação de um carro usado. Em causa o facto de o cálculo do ISV não ter em conta a idade dos automóveis usados que são importados, uma medida que o Fisco justificou com razões ambientais, mas que a arbitragem não acompanhou por considerar, à imagem do direito comunitário, que tal medida é discriminatória.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Perto de 3.200 contribuintes pagam 640 milhões de IRS

A análise às estatísticas disponibilizadas pela Autoridade Tributária sobre o IRS de 2017 continuam a alimentar notícias nos jornais, dada a imensidão de dados e, logo, ângulos que os mesmos permitem. Segundo um levantamento feito esta quarta-feira, o total de contribuintes com um rendimento superior a 250 mil euros em 2017 aumentou face a 2016, totalizando 3.215 famílias. Estes agregados pagaram cerca de 630 milhões de euros em imposto.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Ferrovia, estudantes e sondagens

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião