Petróleo afunda mais de 5%. Galp cai e leva a bolsa Lisboa atrás

Pressionada pela queda dos preços do petróleo, a Galp Energia perdeu quase 3%, na penúltima sessão da semana, e atirou para terreno negativo a praça nacional.

Pressionada pela queda dos preços do petróleo, a Galp Energia perdeu quase 3%, na penúltima sessão da semana, e atirou para terreno negativo a praça nacional. Das 18 cotadas nacionais, apenas uma fechou acima da linha de água, levando o PSI-20 a registar uma queda de praticamente 1%.

O índice de referência nacional, o PSI-20, desvalorizou 0,98% para 5.057,92 pontos. A mesma tendência foi registada nas demais praças do Velho Continente, com o Stoxx 600 a recuar 1,4%. Na Europa, destaque para o italiano FTSE que caiu 2,12%, fortemente pressionado pelo setor da banca. O índice dos bancos italianos afundou, acumulando uma queda de mais de 20% desde meados de abril, entrando assim em bear market.

Este mau desempenho das bolsas ficou a dever-se aos receios crescentes de abrandamento da economia, mas também ao recuo significativo dos preços do petróleo face ao aumento das reservas norte-americanas.

Depois de ter sido conhecido que, afinal, as reservas de crude dos Estados Unidos registaram não um recuo, mas um aumento, os preços do ouro negro afundaram. Em Nova Iorque, o crude WTI está a recuar 5,14% para 58,26 dólares e, em Londres, o Brent está a afundar 4,45% para 67,83 dólares. A contribuir para a queda do preço desta matéria-prima está também a guerra comercial entre Pequim e Washington, uma vez que os investidores receiam o seu impacto a nível mundial.

Petróleo afunda. Cai mais de 5%

Por cá, pressionada por este desempenho do petróleo, a Galp Energia perdeu mais de 2%. Os títulos da empresa liderada por Carlos Gomes da Silva recuou 2,92% para 13,965 euros.

A pressionar a praça nacional, estiveram também as papeleiras. As ações da Altri caíram 2,7% para 6,13 euros, as da Semapa 1,99% para 12,8 euros e as da Navigator 1,59% para 3,35%.

Os títulos do BCP ficaram também em terreno negativo, caindo 0,12% para 0,2506 euros, escapando às quedas acentuadas registadas pelos bancos italianos.

(Notícia atualizada às 17h00 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Petróleo afunda mais de 5%. Galp cai e leva a bolsa Lisboa atrás

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião