Bolsas europeias respiram de alívio. Lisboa avança impulsionada pela Galp e BCP

Ambos os setores (petrolífero e bancário) foram penalizados nos últimos dias e corrigem na sessão desta quinta-feira. Em sentido contrário, o grupo EDP trava os ganhos.

A bolsa de Lisboa respira de alívio após as quedas da última sessão. O PSI-20 abriu a subir 0,18% para 5.054,79 pontos, em linha com a recuperação das principais praças europeias. A banca e o petróleo corrigem por toda a Europa e são os setores em destaque também em Portugal.

“Em antecipação à reunião do Banco Central Europeu (BCE), que terá lugar na próxima semana, os economistas sondados pela Bloomberg acreditam que o banco central apresentará mais detalhes favoráveis sobre as novas operações de financiamento a longo prazo aos bancos europeus que efetivamente emprestam dinheiro à economia real (TLTRO), mas julgam que não haverá medidas para mitigar o impacto adverso das taxas de juro negativas, nomeadamente uma depo rate estratificada”, explicam os analistas do BiG – Banco de Investimento Global.

O setor da banca poderá estar a focar-se na hipótese de mais detalhes sobre a política do BCE, depois de ter sido fortemente penalizado pelo conflito entre Itália e a União Europeia em relação às metas orçamentais do país. Em Lisboa, o BCP valoriza 1,22% para 0,2564 euros por ação.

Também em alta segue a Galp Energia, com um ganho de 0,73% para 13,83 euros. Os preços do setor têm tido uma recuperação suave no início da sessão, após terem caído significativamente com a guerra comercial e as questões políticas com o Irão. O brent londrinho sobe 0,58% para 69,85 dólares por barril e o crude WTI de Nova Iorque avança 0,85% para 59,31 dólares.

Entre os pesos pesados do índice, a Jerónimo Martins sobe 0,15% para 13,76 euros. A EDP Renováveis, que abriu a sessão em queda, inverteu a tendência e ganha 0,68%. Em sentido contrário, a EDP desliza 0,06% para 3,29 euros. As papeleiras (setor fortemente penalizado na última sessão) negoceiam entre ganhos e perdas ligeiros no início da sessão.

Portugal acompanha assim o sentimento positivo que se vive na Europa. O índice pan-europeu Stoxx 600 abriu a ganhar 0,2%, o alemão DAX sobe 0,4%, o francês CAC 40 avança 0,4%, o italiano FTSE MIB soma 0,37% e o britânico FTSE 100 avança 0,1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsas europeias respiram de alívio. Lisboa avança impulsionada pela Galp e BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião