Nova “pick-up” da Tesla vai custar menos de 50 mil dólares

A Tesla vai lançar uma carrinha elétrica neste ano, cujo preço se vai situar abaixo dos 50 mil dólares. A "pick-up" terá um aspeto diferente do comum, de acordo com Elon Musk.

A Tesla vai lançar um novo modelo com um preço abaixo dos 50 mil dólares. É uma “pick-up”, que será revelada ainda este ano. Elon Musk, CEO da fabricante norte-americana, diz que será “melhor” do que a Ford F-150 e que a performance, enquanto carro desportivo, será superior a um Porsche 911.

“Não queremos que seja muito caro”, apontou Musk num podcast, citado pela CNN (acesso livre/conteúdo em inglês). Mesmo sendo um preço “acessível”, como Musk classifica, os 50 mil dólares situam-se acima do valor médio das carrinhas nos Estados Unidos.

Uma carrinha comum no mercado norte-americano custa cerca de 37 mil dólares. Já comparando com as carrinhas elétricas que a Rivian deverá lançar no próximo ano fica mais abaixo, sendo que estas deverão rondar os 70 mil dólares.

O preço poderá ser um pouco superior à média, mas o fundador da Tesla assegura que a “pick-up” também terá um desempenho melhor do que o das rivais. Compara-a mesmo com o Porsche 911. Terá tração integral e dois motores elétricos, revelou Musk.

O comprador desta nova aposta da Tesla também não será o comum cliente das “pick-ups”. “Não vai parecer uma carrinha normal. Vai parecer saído de ficção científica. Não vai ser para o gosto de todos”, disse.

“Para quem quer apenas uma carrinha que se parece como todas as outras nos últimos 20, 30 ou 40 anos, isto provavelmente não é para eles”, disse Musk que partilhou, ao mesmo tempo, uma foto do aspeto da parte da frente.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nova “pick-up” da Tesla vai custar menos de 50 mil dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião