“É possível e desejável” renovar a geringonça, diz ministra Mariana Vieira da Silva

  • ECO
  • 15 Junho 2019

A ministra Mariana Vieira da Silva afirmou que "é possível e desejável" renovar a atual solução governativa após as próximas eleições, mas assumiu que o PS prefere uma maioria absoluta.

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva.MÁRIO CRUZ/LUSA

Mariana Vieira da Silva afirmou que “é possível e desejável” uma renovação da atual solução governativa. Para a ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, “os dirigentes do PS têm sempre reafirmado a vontade de repetir a experiência”.

“Não vejo que não seja possível repetir o exercício de nos entendermos sobre aquilo em que estamos de acordo e deixarmos em aberto o que discordamos”, afirmou, numa entrevista publicada no Dinheiro Vivo. Questionada sobre se considera apenas possível ou também desejável, a ministra retorquiu que não só é possível como é desejável pelo PS.

Ainda assim, Mariana Vieira da Silva assumiu que o PS preferia governar sozinho com uma maioria absoluta nas próximas legislativas. “Não conheço um partido que vá a eleições cujo objetivo não seja ter mais votos”, apontou a ministra.

Sobre se está disponível para integrar um próximo Governo, caso haja um convite, Mariana Vieira da Silva garantiu não ter “decisões tomadas”. “Quando se está nestas funções, um mês parece bem mais [tempo], e ainda temos muito trabalho pela frente”, desabafou. De qualquer forma, a ministra lembrou que está “a participar na construção do programa eleitoral do PS”.

Comentários ({{ total }})

“É possível e desejável” renovar a geringonça, diz ministra Mariana Vieira da Silva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião