Mercado automóvel cai mais de 2% na União Europeia até maio

  • Lusa
  • 21 Junho 2019

“O declínio da procura no Reino Unido, associado ao ‘Brexit’ [Saída do Reino Unido da UE] tem sido dos principais fatores a motivar o desempenho negativo”, aponta ANECRA

As matrículas de carros novos caíram, entre janeiro e maio, 2,1% na União Europeia (UE) para 6.737.491 unidades, segundo dados hoje divulgados pela Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA).

“De janeiro a maio de 2019, as matrículas de carros novos em toda a União Europeia caíram 2,1% em relação ao ano passado, totalizando 6.737.481 unidades”, indicou, em comunicado, a associação.

Por sua vez, em maio, segundo os números da Associação Europeia de Fabricantes Automóveis (ACEA) citados pela ANECRA, matricularam-se 1.443.708 novos veículos ligeiros de passageiros na Europa (1.400.518 na União Europeia).

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, as matriculas fixaram-se em 6.935.028 unidades em toda a Europa (6.737.491 na UE).

Em maio, “as vendas foram impulsionadas principalmente pelos países da Europa Central, onde as matrículas de viaturas novas subiram 6,2%”.

Já os cinco principais mercados da Europa Ocidental registaram “resultados mistos”, com a procura a cair 7,3% em Espanha, 4,6% no Reino Unido e 1,2% em Itália, mas a subir 9,1% na Alemanha e 1,2% em França.

“O declínio da procura no Reino Unido, associado ao ‘Brexit’ [Saída do Reino Unido da UE] tem sido dos principais fatores a motivar o desempenho negativo”, lê-se no documento.

Assim, o mercado britânico caiu 4,63% (-8.925 unidades) em maio, em comparação com o igual mês do ano anterior e, entre janeiro e maio, cedeu 3,08%, ou seja, menos 33.225 veículos.

Na Alemanha, por seu turno, venderam-se quase mais 28 mil carros em maio, face ao período homólogo, enquanto, no acumulado dos cinco primeiros meses, registaram-se 1.523.769 carros novos, o equivalente a mais de 26 mil unidades matriculadas.

No período em causa, a Alemanha liderou o ‘ranking’ de veículos vendidos (1.523.769), seguida pelo Reino Unido (1.045.824) e pela França (935.478), enquanto no conjunto dos países membros, Portugal fixou-se na 12.ª posição, com 103.290 unidades matriculadas.

O Grupo Volkswagen manteve a liderança nas vendas na Europa com 1.681.753 unidades entre janeiro e maio, apresentando, no entanto, uma quebra homóloga de 2,8%.

Comentários ({{ total }})

Mercado automóvel cai mais de 2% na União Europeia até maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião