Miranda dá apoio à Anadarko num dos maiores investimentos em África

O investimento a realizar pelo consórcio de exploração de gás natural em Moçambique é da ordem dos 20 mil milhões de dólares.

A Miranda é um dos escritórios de advogados a dar apoio à petrolífera americana Anadarko num dos maiores investimentos em África. O investimento a realizar pelo consórcio de exploração de gás natural em Moçambique é um dos maiores de sempre, na ordem dos 20 mil milhões de dólares.

O projeto — apelidado de “Moçambique LNG” — é também o maior projeto financiado na modalidade de project finance alguma vez desenvolvido no continente africano, sendo potenciador de uma verdadeira transformação económica em Moçambique.

Este projeto – e os demais que se seguirão para aproveitamento das grandes reservas de gás natural descobertas na Bacia do Rovuma, no norte de Moçambique – irá contribuir para uma grande transformação económica no país“, diz Diogo Xavier da Cunha, presidente do conselho de administração da Miranda, citado em comunicado.

“Será, sem dúvida, uma oportunidade única para que Moçambique possa propiciar um futuro bastante melhor para as gerações mais novas, potenciando melhor formação e qualificações, mais emprego e a inclusão e o desenvolvimento do setor privado moçambicano”, acrescenta.

Desde 2011/2012 que a Miranda & Associados e o escritório moçambicano da Miranda Alliance — a Pimenta e Associados — têm assessorado a Anadarko no desenvolvimento deste projeto, que visa a exploração de gás natural na Área 1 offshore da Bacia do Rovuma, “através da sua liquefação para subsequente exportação para os mercados internacionais sob a forma de gás natural liquefeito”, pode ler-se em comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Miranda dá apoio à Anadarko num dos maiores investimentos em África

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião