Wall Street à procura de direção antes da cimeira do G20

As bolsas norte-americanas encerraram a primeira sessão da semana sem rumo, com os investidores de olhos postos nas negociações comercias, no Irão e na Fed.

As tensões comerciais entre os Estados Unidos da América e a China estão a espalhar um sentimento misto entre os investidores norte-americanos. Se, por um lado, há esperança que a reunião entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping origine alguns progressos nas negociações comerciais, por outro, até à cimeira do G20 está tudo em aberto.

Se na abertura da sessão, os três índices iniciaram a negociação a valorizar, no fecho, apenas o Dow Jones seguia a mesma tendência. O industrial Dow Jones somou 0,03%, enquanto o tecnológico Nasdaq perdeu 0,32% e o S&P recuou 0,17%.

Tendo em conta o impasse em torno de um acordo comercial entre as duas maiores economias do mundo, o Nasdaq — cujas suas cotadas dependem em grande parte da China para as suas receitas — foi o índice mais penalizado.

A ditar o sentimento misto em Wall Street está, sobretudo, a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. “O mercado está a aguardar até à reunião do G20”, afirmou Bucky Hellwig, da BB&T Wealth Management, à agência Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês). Recorde-se que Donald Trump e Xi Jinping deverão encontrar-se na próxima sexta-feira.

Também a questão do Irão está no centro das atenções dos investidores. Esta segunda-feira, o presidente dos EUA anunciou que os EUA vão impor sanções ao líder do Irão, Ayatollah Ali Khamenei, e outros altos cargos do país. O anúncio foi feito em declarações aos jornalistas na Casa Branca e aumenta as tensões geopolíticas entre os EUA e o Irão.

Por último, é de salientar que os investidores deverão estar atentos, esta terça-feira, às declarações do presidente da Reserva Federal dos EUA, Jerome Powell, que estará presente num evento em Nova Iorque e deverá debater os desafios que a economia norte-americana tem pela frente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street à procura de direção antes da cimeira do G20

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião