Deutsche Bank planeia cortar até 20 mil empregos

O alemão Deustche Bank está a ponderar cortar entre 15 mil e 20 mil empregos como parte do plano de reestruturação profunda. A banca de investimento deverá ser a mais afetada.

O Deutsche Bank está a ponderar cortar entre 15 mil e 20 mil empregos, avança o Financial Times (acesso pago), este sábado. Tal medida faz parte do plano de reestruturação do líder executivo do banco, Christian Sewing, devendo ser a banca de investimento a mais afetada.

De acordo com uma fonte próxima do processo, os cortes nos recursos humanos deverão ser equivalentes a metade dos empregos envolvidos na banca de investimento, não sendo ainda claro se as outras “alas” do banco alemão serão afetadas. A avançar, tal perda de pessoal representará um corte de um quinto da capacidade humana total do Deutsche Bank. Isto um ano depois do banco ter cortado sete mil empregos.

“Tem havido progressos significativos na última semana, mas o pacote total ainda não está pronto”, explica uma segunda fonte citada pela FT. Questionado sobre a matéria, o banco germânico rejeitou comentar os potenciais cortes de empregos, dizendo apenas: “O banco está a trabalhar em medidas para acelerar a sua transformação e melhorar a sustentabilidade da sua rentabilidade”.

Fontes citadas pelo The Wall Street Journal (acesso pago) acrescentam que este plano deverá ser executado durante cerca de um ano e deverá afetar todas as geografias em que a instituição está presente.

No início de junho, o FT avançou que o Deutsche Bank vai avançar com uma reestruturação profunda, ao abrigo da qual se irá afastar do negócio da banca de investimento, criando um “banco mau” para o qual irá transferir ativos no valor de várias dezenas de milhares de milhões de euros. De acordo com o jornal britânico, serão transferidos para este banco os ativos que o alemão pretende alienar, avaliados entre 40 e 50 mil milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Deutsche Bank planeia cortar até 20 mil empregos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião