Berardo fez “falcatrua” na Associação para dar golpe à banca

  • ECO
  • 2 Julho 2019

Mariana Mortágua, deputada do Bloco, diz que Berardo só aceitou dar a coleção em garantia aos bancos "porque já tinha preparado manigâncias jurídicas para complicar o processo".

Depois de muita insistência, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) à Caixa Geral de Depósitos recebeu “alguma informação” que tinha sido pedida a Joe Berardo sobre a blindagem das obras de arte por parte da Associação Coleção Berardo. Mariana Mortágua diz, do que já leu, que o comendador fez “falcatrua” na Associação para dar golpe à banca.

Os documentos recebidos pelos deputados não foram considerados suficientes por Luís Leite Ramos, o presidente da CPI, e, por isso, a queixa contra Berardo vai seguir para o Ministério Público. Ainda assim, no debate “O que aprendemos sobre a Caixa”, da TSF, Mortágua diz que ajudam a perceber “parte do processo”.

A deputada bloquista refere que esses documentos revelam que em outubro de 2013 alteram-se os estatutos da associação dona da coleção para que os credores passem a integrar os estatutos e passem a ter poder nas assembleias”. No entanto, conta, “nesse mesmo mês há um testa-de-ferro assessorado por um advogado primo do advogado de Berardo que põe estes [novos] estatutos em tribunal dizendo que não se pode dar em penhor património de uma associação“.

“Houve falcatrua e um golpe dado por Berardo ao alterar os estatutos ou ter posto os estatutos [alterados em 2013] em tribunal através de um testa-de-ferro ou ter aumentado o capital sem avisar ninguém”, atira Mariana Mortágua.

A deputada diz mesmo que houve premeditação por parte de Berardo no golpe à banca. Berardo só aceitou dar a coleção em garantia porque já tinha preparado manigâncias jurídicas para complicar o processo“, rematou.

Comentários ({{ total }})

Berardo fez “falcatrua” na Associação para dar golpe à banca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião