Deputados respondem a Berardo: “Indignados estão os portugueses”

Partidos já responderam à carta aberta que o comendador enviou a Ferro Rodrigues. "Não passa de uma manobra de distração da defesa de Berardo", dizem os deputados.

“Diz o senhor Joe Berardo que está indignado com o que se passou aqui. Só poderá ter esta resposta. Indignados estão os portugueses“, afirmou o deputado do PSD Duarte Pacheco, em resposta à carta que o comendador enviou ao presidente da Assembleia da República. Para João Paulo Correia, do PS, a missiva do empresário madeirense dirigida a Ferro Rodrigues não passa de uma “manobra de distração da defesa perante as autoridades judiciais”.

Os deputados da comissão parlamentar de inquérito à recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) já reagiram às declarações de Joe Berardo, que numa carta aberta enviada a Ferro Rodrigues afirmou que foi vítima de um “verdadeiro julgamento popular” quando foi ao Parlamento depor. Queixou-se das “perguntas vexatórias” que os deputados lhe colocaram. E, no que considerou ser a sua “defesa da honra”, reconheceu que deu uma má imagem de si e, por isso, teme que isso possa influenciar os tribunais.

“O senhor Joe Berardo veio à comissão de inquérito e teve tempo de se preparar. Comportou-se de forma arrogante, irresponsável e desrespeitosa com o Parlamento e com os portugueses. Todo o país ficou indignado com a audição”, disse o socialista João Paulo Correia. “Deve perto de 1.000 milhões de euros à banca, veio aqui ao Parlamento achando-se ainda uma figura intocável”, contestou ainda.

Para Duarte Pacheco, Berardo mostrou “falta de decoro e falta de bom senso” ao enviar ao presidente da Assembleia da República dando a público o conhecimento da mesma. O social-democrata acrescentou que são os portugueses que estão indignados com os “esquemas” que usou para fugir ao cumprimento das suas obrigações e com o “buraco” que o empresário deixou no banco público para os contribuintes “taparem”.

Já Cecília Meireles, do CDS, não quis entrar em polémicas com Berardo, porque a “carta é autoexplicativa” e porque é mais importante saber que a comissão de inquérito ficou com “muito mais informação sobre o que poderá ser feito para a Caixa recuperar aquele dinheiro”.

De manhã, a deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua tinha afirmado à TSF que Berardo fez “falcatrua” e deu um “golpe” aos bancos com a alteração dos estatutos da Associação Coleção Berardo, a dona da coleção de arte que os credores acreditam terem sido dados como penhora.

Comentários ({{ total }})

Deputados respondem a Berardo: “Indignados estão os portugueses”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião