Tem de renovar o Cartão de Cidadão? Este site mostra-lhe quando há vagas

Caso se prepare para renovar o Cartão de Cidadão, talvez queira espreitar a nova plataforma não oficial que mostra onde há vaga mais cedo. Ideia nasceu no Twitter, pelo teclado de dois programadores.

Renovar o Cartão de Cidadão pode ser uma tarefa simples em algumas regiões do país, ou uma enorme dor de cabeça noutras. Se um cidadão residente nos Açores consegue marcar a renovação com menos de 24 horas de antecedência, a vaga disponível mais cedo em Oeiras é só no final de novembro.

Em ambos os casos, caso tenha de renovar o cartão de cidadão em breve, agora há uma plataforma (não oficial) que reúne toda esta informação:

Estes são os locais em que é mais difícil marcar a renovação do cartão de cidadão.

“Inspirado” por uma notícia do ECO, que mostrou as longas filas para renovar o cartão de cidadão, João “Tomahock” Pina, o programador responsável por projetos como o fogos.pt e o suprimidos.pt, desenhou um código informático que recolhe informação sobre a vaga mais recente em cada um dos locais onde é permitido agendar online a renovação daquele documento.

Depois, através do Twitter, encontrou o utilizador Cláudio Franco, que desenhou as tabelas para mostrar a informação e alojou a nova plataforma, disponível aqui.

O site ficou online esta quinta-feira e mostra que só em nove localizações é que é possível agendar a renovação do Cartão de Cidadão para as 24 horas seguintes. A maioria destas localizações são nas regiões autónomas da Madeira e Açores, mas também em distritos do interior, como Guarda e Bragança.

Os dados recolhidos em tempo real pelo aplicativo revelam também que a 2.ª Conservatória do Registo Predial de Oeiras é o local em que é mais difícil marcar a renovação: à hora de publicação deste artigo, só era possível marcar a renovação para 29 de novembro. A demora também é longa em Almada, Cascais, Marvila e Vila Nova de Gaia.

Importa referir que a plataforma agrega apenas os locais que permitem o agendamento online, através do site do Instituto dos Registos e do Notariado (IRN). Existem outros locais onde é possível renovar o documento sem marcação.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tem de renovar o Cartão de Cidadão? Este site mostra-lhe quando há vagas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião