Salgado à saída do tribunal: “Nunca na minha vida corrompi ninguém”

À saída do tribunal após ter sido ouvido pelo juiz Ivo Rosa sobre os 25 milhões transferidos para Zeinal Bava, Ricardo Salgado voltou a assegurar que nunca na sua vida corrompeu alguém.

Ricardo Salgado foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz Ivo Rosa no âmbito da instrução do processo Operação Marquês, sobre a transferência de 25 milhões de euros para Zeinal Bava. À saída do tribunal, o antigo presidente do BES voltou a reclamar inocência. “Nunca na minha vida corrompi ninguém”, disse.

“O que posso garantir, e já o fiz várias vezes, sempre que falaram que andei a corromper este ou aquele, eu nunca na minha vida corrompi ninguém“, referiu Salgado em declarações aos jornalistas transmitidas pela Sic Notícias. O ex-banqueiro também é acusado pelo Ministério Público de ser um dos principais corruptores de antigo primeiro-ministro José Sócrates, a quem entregou alegadamente 29 milhões.

O ex-banqueiro adiantou que se deslocou ao tribunal exclusivamente para dar a sua versão dos acontecimentos em relação à transferência de 25,2 milhões de euros entre 2007 e 2011 do Grupo Espírito Santo para o então presidente da Portugal Telecom. Para Salgado não há divergências entre o que disse e o que contou Zeinal Bava.

“Quanto a mim não há discrepância nenhuma”, referiu, frisando que o depoimento de Bava merecem uma “investigação mais a fundo”. “Terá de perguntar ao juiz”, disse.

Segundo o que explicou Zeinal Bava ao tribunal, aquele dinheiro foi-lhe confiado por Salgado para a compra de ações da PT e para remunerar os gestores de topo da telecom portuguesa. Uma boa parte destes 25 milhões de euros já foi, entretanto, devolvida por Bava.

Da sua parte, Ricardo Salgado acredita que, “como não houve mais perguntas” do juiz de instrução, é porque “ficou esclarecido”.

E falou de Carlos Santos Silva? “Não quero sequer ouvir falar desse nome”, respondeu o antigo presidente do BES.

(Notícia atualizada às 16h37)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Salgado à saída do tribunal: “Nunca na minha vida corrompi ninguém”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião