Lisboa termina semana no verde. Retalho brilha

Das 18 cotadas nacionais, apenas duas terminaram no vermelho, com destaque para os ganhos da Sonae e da Jerónimo Martins. Lisboa fechou a última sessão da semana no verde.

A bolsa nacional encerrou a última sessão da semana em terreno positivo à boleia do bom desempenho da Sonae e da Jerónimo Martins, que viram os seus títulos valorizarem 2,52% e 1,56%, respetivamente. Das 18 cotadas nacionais, apenas duas terminaram a sessão desta sexta-feira no vermelho.

O índice de referência nacional, o PSI-20, valorizou 0,68% para 5.221,17 pontos. Na Europa, o Stoxx 600 ficou preso na linha de água, o britânico FTSE 100 a recuou 0,1%, o francês CAC 40 subiu 0,3% e o espanhol IBEX a valorizou 0,35%. Isto à boleia da expectativa de um corte de juros nos EUA no final deste mês.

Por cá, a puxar pela praça nacional estiveram os títulos da Sonae, que subiram 2,52% para 0,8745 euros, e da Jerónimo Martins, que avançaram 1,56% para 14,66 euros.

Sonae dispara mais de 2,5%

Destaque também para a energia, com as ações da Galp Energia a valorizar 0,58% para 13,95 euros, da EDP 0,36% para 3,382 euros e da EDP Renováveis 0,55% para 9,1 euros. No verde, também fecharam as ações do BCP, que avançaram 0,28% para 0,2842 euros.

Do outro lado da linha, as ações da Nos recuaram 0,09% para 5,75 euros. Também a Sonae Capital ficou no vermelho, tendo os seus títulos caído 1,08% para 0,732 euros.

Comentários ({{ total }})

Lisboa termina semana no verde. Retalho brilha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião