Lamego tem bombeiros na floresta todo o ano

  • Filipe S. Fernandes
  • 17 Julho 2019

A equipa de sapadores florestais dos Bombeiros Voluntários de Lamego tem dez elementos que combinam o trabalho na floresta com a vigilância e ação quando surgem os incêndios.

No princípio esteve a entrega de uma ambulância aos Bombeiros Voluntários de Lamego em 2018. Estes aperceberam-se do trabalho que a REN fazia, em termos de limpeza das faixas de proteção das suas infraestruturas e da contribuição deste trabalho para fase de combate aos incêndios, e decidiram criar uma equipa de sapadores florestais.

Normalmente estas equipas são utilizadas nas fases mais críticas dos incêndios florestais, comparticipadas pelo Estado mas, quando termina a denominada a época dos incêndios, costumam ser dispensadas como “acontece em centenas de corporações de bombeiros voluntários do nosso país”, refere João Gaspar, responsável da área de Servidões e Património da REN.

Nessa altura surgiu a ideia de manter ativa a equipa de sapadores florestais durante todo o ano. “O que fizemos foi colocar os Bombeiros Voluntários de Lamego em contacto com o nosso prestador de serviços daquela zona, para que os mesmos pudessem trabalhar em conjunto e com melhores resultados na prevenção de fogos florestais”, refere João Gaspar.

Como refere Hélder Santos, presidente dos Bombeiros Voluntários de Lamego, já criaram dez novos postos de trabalho, “o que levou ao redimensionamento do corpo de Bombeiros. Com a crise que existe no voluntariado, conseguimos mais alguns bombeiros disponíveis para acorrer às situações de alerta. As populações do concelho acolheram muito bem esta ideia, e já são muitos os particulares que nos procuram para lhes prestarmos serviços”.

Treino e conhecimento

Na opinião de Hélder Santos, esta forma de organização permite que esta equipa esteja treinada para a época de combate aos incêndios e tenha um conhecimento mais aprofundado do terreno, como a existência de caminhos, o seu estado de conservação, os locais mais propícios para o combate e o conhecimento de locais onde conseguem garantir a sua segurança e das populações.

Esta fórmula, explica Hélder Santos, diversifica “as nossas atividades, procurando captar recursos adicionais para investir no reequipamento do corpo de Bombeiros”, tendo adquirido um trator. Assim, os Bombeiros Voluntários de Lamego encontraram uma forma de garantir a existência dos seus recursos em permanência durante todo o ano e não só na dita “época de incêndios florestais”.

Hélder Santos considera que ter uma equipa de sapadores florestais “significa que, quando não estão a trabalhar na área da prevenção devido aos períodos de alerta especial, são afetados ao combate dos fogos rurais. Sendo bombeiros também dispõem de conhecimentos específicos que podem aplicar nas ações de silvicultura preventiva”. Adianta que esta equipa é formada sobretudo por bombeiros e, os poucos que não são, “estão a frequentar a instrução com vista ao acesso na carreira”.

Comentários ({{ total }})

Lamego tem bombeiros na floresta todo o ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião