Mercado automóvel está a travar. Vendas de carros na Europa com maior queda desde dezembro

  • ECO
  • 17 Julho 2019

As matrículas de novos automóveis na Europa diminuíram em junho, representando a maior descida desde dezembro. Setor prevê uma queda acumulada de 1% no ano.

As matrículas de novos automóveis na Europa diminuíram acentuadamente em junho, representando a maior queda desde dezembro do ano passado, revelam os dados da Associação de Fabricantes Automóveis Europeia (EAMA), divulgados esta quarta-feira. Se no primeiro semestre se venderam mais de oito milhões de carros, a associação prevê que no acumulado do ano se assista a um declínio de 1%.

Em junho matricularam-se cerca de 1,45 milhões de automóveis na Europa, um número que caiu 7,8% face ao mesmo mês do ano passado. Esta queda — que é a maior desde dezembro — é explicada, sobretudo, pelo efeito do calendário negativo, refere a EAMA. Isto é, “junho contava apenas 19 dias úteis em toda a UE este ano, em comparação com os 21 dias úteis do ano passado”.

Esta tendência de diminuição verificou-se nos cinco principais mercados, especialmente França e Espanha, com descidas de mais de 8%, enquanto a Alemanha e o Reino Unido diminuíram ambas quase 5%.

Numa análise feita desde o início do ano, observa-se uma queda acumulada de 3,1%, refere a associação. Aqui, a justificação passa pela própria indústria, com destaque para a alemã Daimler, que emitiu um quarto profit warning [aviso de que os lucros vão cair] em pouco mais de um ano, devido ao escrutínio relacionado com as emissões dos automóveis a diesel. Além da Daimler, também a BMW reportou a primeira queda no espaço de dez anos.

Se nos primeiros seis meses do ano se verificou esta queda, com mais de oito milhões de carros vendidos, para o acumulado do ano a EAMA prevê uma nova descida, embora de apenas 1%. A associação revê, assim, em baixa a previsão de 1% crescimento anunciada inicialmente. A contribuir para esta tendência negativa está a incerteza em torno do Brexit e a fraca procura por automóveis.

Comentários ({{ total }})

Mercado automóvel está a travar. Vendas de carros na Europa com maior queda desde dezembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião